PUB
Segundo concerto do ciclo Terra apresenta música do Uganda em estreia nacional
Segundo concerto do ciclo Terra apresenta música do Uganda em estreia nacional
© Direitos Reservados
Quinta-feira, Setembro 26, 2019

Após uma primeira paragem em Angola e na música de Aline Frazão, o ciclo Terra prossegue viagem. O segundo concerto do ciclo traz a Guimarães a música tradicional do Uganda. O evento decorre no CIAJG em estreita cumplicidade com a obra de José de Guimarães.

Otim Alpha é a segunda proposta da edição inaugural do ciclo Terra, que começou em julho, com o concerto de Aline Frazão.

Nesta segunda data do ciclo virá Otim Alpha, músico proveniente do Uganda, com a promessa de um espetáculo festivo, à medida deste verão tardio. A promessa é de pôr toda a audiência a dançar no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, no próximo dia 28 de Setembro.

Otim Alpha traz consigo a tradição dos casamentos do norte do seu país, num cruzamento com linguagens eletrónicas. O resultando é música frenética e contagiante. O músico africano é o segundo convidado do ciclo de músicas do mundo Terra, que é promovido pela Capivara Azul – Associação Cultural.

Desde os anos 1980 que Otim Alpha tocava em casamentos no Norte do Uganda, na região Acholi. Depois, começou a reinterpretar as canções Larakaraka dessas cerimónias, com a ajuda de um computador. As possibilidades eletrónicas e de produção foi acrescentada pelo colaborador Leo Palayeng. Juntos, construíram um novo género musical, chamado de Acholitronix.

O bilhete para o concerto de Otim Alpha custa 7 euros. Os portadores dos bilhetes têm acesso gratuito às exposições do CIAJG no dia dos espetáculos nos horários habituais de funcionamento.

Para o encerramento do primeiro cilo Terra, está já programado um espetáculo com os Zulu Zulu, que estarão em Guimarães em residência artística.