Secretária de Estado satisfeita com o trabalho do IPCA na formação de ativos
Secretária de Estado satisfeita com o trabalho do IPCA na formação de ativos
Manuel Silva
Sexta-feira, Março 22, 2019

Numa volta a Portugal, que passará por todas as regiões, Maria do Céu Albuquerque começou pelo Norte, onde pode verificar alguns dos resultados dos investimentos recentes, com recurso aos fundos europeus.

Maria do Céu Albuquerque esteve esta sexta-feira, 22 de março, na região norte, para ficar a conhecer os resultados do investimento efetuado através de financiamento público e comunitário.

A secretária de estado esteve nas instalações do IPCA, no Avepark, onde pode verificar o “excelente trabalho” que está a ser feito na qualificação de ativos.

O IPCA está a funcionar no Avepark desde outubro de 2015. Ali funcionam 14 cursos através de financiamento proveniente do Programa Operacional do Norte. Ao todo foram investidos 2 milhões de euros, sendo que 1,8 milhões através de financiamento comunitário.

Trata-se segundo Maria do Céu Albuquerque de um bom exemplo daquilo que se faz na região, onde se alia qualificação e a formação, através do ensino profissional ou da formação de ativos, com os setores tradicionais da região. Esta é, acrescentou ainda, uma forma de incrementar massa crítica, capaz acrescentar valor e de alavancar a economia regional e do país.

No final do encontro no Avepark, a vice-presidente do IPCA, Patrícia Gomes, manifestou a sua satisfação pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido pela instituição de ensino nos últimos anos. Esse reconhecimento sustenta a aposta feita no ensino profissional e integrado com as necessidades do tecido empresarial.

Para Patrícia Gomes, é necessária uma “mudança cultural” que passe a olhar os cursos TeSP como uma solução de formação capaz de dar resposta às necessidades e que garante ainda aos estudantes uma ótima solução para a formação superior, com uma rápida integração no mercado de trabalho.

Durante a mesma passagem pela região Norte, numa digressão por todas as regiões de Portugal, Maria do Céu Albuquerque esteve na empresa Érius Têxtil, que fez um investimento de 2 milhões de euros, metade dos quais provenientes de financiamento europeu. Durante a tarde juntou-se ao ministro do planeamento, Nelson Sousa, para uma reunião com o Conselho Regional do Norte.

Com Manuel António Silva