PUB
Rita Lopes participou na primeira edição do “Ironman” em Portugal
Rita Lopes participou na primeira edição do “Ironman” em Portugal
DR
Terça-feira, Setembro 5, 2017

Na primeira edição do Ironman em Portugal, Rita Lopes foi a melhor classificada no grupo dos 18 a 24 anos, resultado que lhe permitiu ser apurada para o campeonato do mundo do Ironman 70.3, a realizar em 2018 na África do Sul.

A baía de Cascais acolheu a 3 de setembro a primeira edição do Ironman 70.3 realizada em Portugal (70.3 milhas, o mesmo que 113km, traduzidos em 1,9km natação + 90km ciclismo + 21,1 km corrida).

Depois de ouvido o hino nacional foram dadas as partidas com tiros de canhão, pelas 7h20min, e iniciou-se a prova com os 1900m de natação a serem feitos em mar, saindo-se para a transição, na marina de Cascais, para o ciclismo, com o total de 90,1 km, sempre com o mar à vista, passando por Oeiras, Algés, Belém e retornando em Alcântara. O percurso também abrange o cenário natural de Sintra, retornando a Cascais ao longo da estrada da Praia do Guincho. O último segmento, 21,1 km de corrida, foi percorrido entre Cascais, Estoril e S. Pedro, em 2 voltas.

Rita Lopes partiu de consciência tranquila, pois, como referiu no final, “todo o trabalho desenvolvido até agora, dava-me confiança para saber que estava bem fisicamente, só teria de confiar em mim mesma e o resultado iria aparecer”.

Na natação, apesar de as sensações não serem as melhores, saiu com um tempo razoável e dentro do expectável, “O circuito de ciclismo era excelente, permitia andar sempre com grandes andamentos e passar no autódromo do Estoril foi um dos pontos altos, senti-me muito bem ao longo de todo o segmento sempre muito constante”, acrescentou a atleta taipense.

Nos 21,1km de corrida finais, Rita Lopes deu tudo o que lhe restava, mesmo sem saber exatamente em que posição seguia. Essa energia foi buscar à vontade de superar as suas marcas, como afirmou, “Esse foco de tentar bater os meus recordes pessoais à distância final de prova e dos 21,1km (meia maratona) fizeram com que ultrapassasse a adversária do meu escalão e conseguisse ainda ganhar a vantagem de mais de 10 minutos, terminando assim, na 15ª posição feminina, 2ª portuguesa e 1ª do escalão 18-24 anos, com o tempo de 05:00:43h”.

Com este resultado, vencedora do seu escalão, Rita Lopes teve a oportunidade de concorrer à vaga para o Campeonato do Mundo desta distância a realizar na Baía de Nelson Mandela, na África do Sul a 1 e 2 de setembro de 2018. Naturalmente, Rita Lopes “não podia estar mais feliz com o resultado final”.

Recorde-se que Vanessa Fernandes foi a vencedora, em femininos, desta primeira edição do Ironman em Portugal, ao terminar a prova em 4:33:12 horas.