PUB
Rally de Portugal arrancou em Guimarães. Piloto Manuel Castro em prova
Rally de Portugal arrancou em Guimarães. Piloto Manuel Castro em prova
© Nuno Pimenta
Quinta-feira, Maio 18, 2017

O Castelo de Guimarães foi o palco da Cerimonial Start da edição deste ano do Vodafone Rally de Portugal. Pelas 18h10, os motores arrancaram do campo de São Mamede e passaram por algumas artérias do centro da cidade rumo a Lousada, onde decorre a primeira super especial da prova.

A caravana do mundial de ralis, composta por 65 equipas, esteve estacionada no campo de S. Mamede, onde houve sessões de autógrafos. É um dos eventos que integra a 51.ª edição do Rali de Portugal e que este ano, preveem os organizadores da prova, tem um impacto de 3.5 milhões de euros na zona norte de Portugal.

A edição de 2017 do Rali de Portugal disputa-se entre 18 e 21 de maio e é a sexta das 13 provas que compõem o WRC. Depois de na manhã de hoje, 18, a prova ter passado pela shakedown, em Paredes, a cerimónia de abertura da prova aconteceu em Guimarães. Os veículos seguiram para Lousada para uma super especial de 3.36 quilómetros.

Amanhã, a prova passa duas vezes por Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima. O dia termina em Braga com uma street stage. No sábado, seguem-se as cidades de Vieira do Minho, a estreante Cabeceiras de Basto e Amarante. Domingo a festa sobe ao palco principal: Fafe. O Rali de Portugal despede-se com a cerimonia de pódio em Matosinhos.

Taipense corre no Rali de Portugal

O taipense Manuel Castro regressa ao Campeonato Nacional de Ralis (CNR) e integra o Rali de Portugal, prova em que o piloto do Hyundai i20 R5 nunca competiu. Segundo o jornal online Multidesportos,  Manuel Castro vem de um bom resultado no Azores Airlines Rallye, prova em que conquistou o 6.º lugar no Campeonato Nacional de Ralis, e tem apostado na evolução da sua condução em pisos de terra.

Para o Rally de Portugal, o piloto, declarou àquele site, o piloto está consciente das dificuldades acrescidas que esta prova acarreta e pretende, acima de tudo, chegar ao fim e, se possível, conseguir um lugar dentro dos cinco primeiros, entre os portugueses. Manuel Costa corre com o navegador Luís Costa.

Artigos Relacionados