PUB
Quarta edição do festival Peles estreita relações culturais entre Guimarães e Famalicão
Quarta edição do festival Peles estreita relações culturais entre Guimarães e Famalicão
Paulo Dumas
Segunda-feira, Setembro 23, 2019

Serão oito apresentações dedicadas à percussão, num festival que vai na sua quarta edição e que junta territórios dos dois concelhos. Pela primeira vez serão entregues os Prémios Internacionais Bernardino Machado e Teófilo Braga.

Foi apresentada a quarta edição do Festival Peles – International Drum Fest. O festival irá decorrer ao longo da primeira semana de outubro, com início na terça-feira, 1, e com a apresentação do Atlantic Percussion Group, na sede da Associação Teatro Construção, em Joane.

O festival com cinco datas irá passar por pontos diversos da região nos concelhos de Guimarães e Vila Nova de Famalicão. As apresentações, além de Joane, onde está programada também uma data no espaço Fauna, passará por Mogege, Oleiros e Brito. Todos os concertos serão de entrada livre, incluindo duas sessões para o público infantil.

De entre as várias propostas do programa destaca-se o concerto de Quiné Teles, percussionista com uma longa carreira, ligado a projetos como a Brigada Victor Jara, Né Ladeiras ou António Pinho Vargas. No festival Peles, Quiné Teles apresentará o espetáculo “No Sótão da Velha”, no espaço Fauna, em Joane.

Também a produção preparada por João Afonso Costa é merecedor de destaque. O músico reúne num único universo várias linguagens ligadas à percussão, juntando ainda camadas com instrumentação eletrónica. O espetáculo criado em residência artística no âmbito do IV PELES, contará com Andres Tarabbia, João Costa e ainda Lídia Costa na dança. “Nature, Electronics and Percussion” será apresentado no espaço Fauna, dia 5 de outubro às 21h30.

Durante o decorrer do festival Peles, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos no âmbito da primeira edição do concurso internacional de composição para percussão. Os melhores trabalhos serão apresentados no dia 1 de outubro e serão atribuídos aos primeiros classificados os prémios Bernardino Machado (música a solo) e o prémio Teófilo Braga (música em ensemble), dois nomes ligados ao território.

O Festival Peles – International Drum Fest, assim nomeado como referência às peles dos instrumentos de percussão e também como evocação ao Rio Pele, que atravessa toda o território onde decorre o festival, é uma organização da cooperativa CAISA, em associação com a Academia de Artes Performativas e do CLAV – Laboratório Artístico de Vermil, com os apoios dos municípios de Guimarães e de Vila Nova de Famalicão.

Programa da IV edição do Peles – International Drum Fest

DiaHoraLocalEvento
01 OUT21h30Auditório ATC, Joane, FamalicãoAtlantic Percussion Group
02 OUT21h30Igreja de Oleiros, GuimarãesVítor Castro
03 OUT10h00Auditório ATC, Joane, FamalicãoODAIKO Percussion Group
03 OUT14h30Auditório ATC, Joane, FamalicãoODAIKO Percussion Group
03 OUT21h30Junta de Freguesia de Mogege, FamalicãoVítor Castro
04 OUT21h30Espaço Fauna, Joane, FamalicãoQuiné Teles apresenta "No Sótão da Velha"
05 OUT21h30Parque de Brito, GuimarãesJosé Afonso Sousa "Nature Electronics & Percussions"
05 OUT22h30Parque de Brito, GuimarãesSons do Douro