PUB
PS oficializa candidaturas para as 48 freguesias
PS oficializa candidaturas para as 48 freguesias
CCA
Terça-feira, Abril 25, 2017

A concelhia do Partido Socialista apresentou esta terça-feira, 25, os candidatos às 48 freguesias do concelho de Guimarães. Os discursos de Armindo Costa e Silva, Nelson Felgueiras, António Magalhães e Domingos Bragança foram unânimes no apelo à união do partido para ganhar as eleições autárquicas de 01 de outubro.

Em Souto Santa Maria, num almoço do Partido Socialista, o atual presidente da Câmara e recandidato, Domingos Bragança apelou à união de todos com os olhos postos em 2020, ano em que Guimarães quer ser Capital Verde Europeia. Nos discursos marcados pelo agradecimento às gerações anteriores do partido, sobretudo a António Magalhães, Domingos Bragança reafirmou que “o Partido Socialista de Guimarães está de mãos dadas”: “Nós respeitamos o nosso passado, vivemos o nosso presente com intensidade e queremos construir o nosso futuro com todos incluídos, temos gratidão por todos os que fizeram o seu percurso e se dedicaram à causa de Guimarães. Sentimos que aqueles que estão hoje a trabalhar têm o vosso apoio”.

Também Armindo Costa e Silva, presidente da concelhia, manifestou a sua gratidão “aos presidentes de junta que, por razões pessoais ou em consequência da lei de limitação de mandatos, não serão candidatos”. São 13 os nomes que não se apresentam às eleições de outubro.

Já Nelson Felgueiras, líder da Juventude Socialista local, lançou farpas à Coligação Juntos por Guimarães: “Da oposição sabemos com o que é que podemos contar, podemos contar com um projeto político assente numa perspectiva pessoal, à volta de um candidato, das suas origens, da sua família, não conhecemos propostas mas aquelas que conhecemos são para esventrar o Toural e importar o modelo de Braga para Guimarães. Não é isso que nós queremos”.

António Magalhães, que foi presidente da Câmara durante 24 anos e presidente da Assembleia Municipal no mandato que está a terminar, foi surpreendido ao ser chamado a intervir. Não destoou no tema da união: “Só somos capazes de levar à prática este projeto se percebermos que o nosso tempo acabou, não como cidadãos, mas como intervenientes diretos num processo que exige energia, capacidade, reconhecimento, atitude e que outros mais novos podem estar na esteira do que têm que fazer, continuando o nosso projeto. E é isso que está a acontecer em Guimarães. Infelizmente, em muitos concelhos do nosso país nem sempre é possível conciliar os interesses de uns e de outros e é pena porque aquilo que define um socialista de fina água é a frontalidade. Se quem de direito escolheu quem tinha que escolher, ainda que não concordemos integralmente, é respeitar a vontade da maioria”.

Foram apresentados os nomes de Luís Soares para Caldelas, Sérgio Silva para Barco e Isilda Silva para Longos. A Prazins Santa Eufémia vai candidatar-se João Pereira, à União de Freguesia (UF) de Prazins Santo Tirso e Corvite candidata-se Joaquim Pereira Fernandes, enquanto a Sande São Martinho corre Armando Silva. Francisco Gonçalves é o nome para a UF Sande São Lourenço e Balazar e Bruno Falcão é o candidato à UF Sande Vila Nova e Sande São Clemente. Joaquina Antunes tenta o segundo mandato à frente da UF Briteiros S. Salvador e Briteiros Santa Leocádia e Vítor Pais concorre à liderança da UF Briteiros Santo Estevão e Donim. Destaque para o candidato de Ponte, o atual presidente da junta Sérgio Castro Rocha, que foi eleito em 2013 como independente apoiado pela Coligação Juntos por Guimarães.