Propostas em Sande (S. Lourenço) e Prazins (Sta. Eufémia) vencem no Orçamento Participativo
Propostas em Sande (S. Lourenço) e Prazins (Sta. Eufémia) vencem no Orçamento Participativo
© Direitos Reservados
Terça-feira, Outubro 31, 2017

As duas propostas apresentadas ao Orçamento Participativo para as freguesias a norte do concelho de Guimarães foram selecionadas no concurso promovido pelo município de Guimarães, que visa envolver a população nas decisões da autarquia.

Foram anunciadas ao final de terça-feira, 31 de outubro as quatro propostas vencedoras da edição de 2017 do Orçamento Participativo de Guimarães. Estre as propostas que obtiveram mais votos está o projeto de reabilitação do Costro Sabroso, na freguesia de Sande (S. Lourenço).

Também a proposta apresentada para a construção de um circuito de manutenção na freguesia de Prazins (Sta. Eufémia) está entre as quatro vencedoras do concurso deste ano, promovido pela Câmara Municipal de Guimarães.

O projeto de reabilitação do Castro Sabroso recebeu a dotação máxima para um projeto a atribuir no concurso, que são 50 mil euros. O circuito de manutenção na freguesia de Prazins (Sta. Eufémia) terá uma participação de 27 mil euros proveniente do orçamento municipal.

As 15 propostas que foram elegíveis para ir à fase de votações tinham que recolher no mínimo 500 votos. Quatro cumpriram com este critério. A mais votada foi o projeto NATURunFE (616 votos), para a dinamização dos espaços verdes na freguesia de Ronfe.

A proposta de reabilitação do Castro Sabroso obteve 571 votos. A terceira mais votada foi a proposta do Projeto +Vida dirigida à população reformada. A proposta para o circuito de manutenção reuniiu um total de 518 votos.

Na totalidade, serão investidos 169 mil euros por parte do município de Guimarães. Não fica portanto esgotada a dotação total de 500 mil euros, que foi definida no orçamento anuel, para efeitos do Orçamento Participativo.