PUB
2018-10-Reflexo-268-loja-online

Jornal Reflexo #268

1.00 IVA incl.

A classe docente em Guimarães

Editorial Alfredo Oliveira

A educação está na ordem do dia. O ano letivo de 2017/18 acabou com greves da classe docente e o novo ano letivo começa novamente com greves no início de outubro.

Em cima da mesa está o pedido da recuperação do tempo de serviço que esteve “congelado” entre 30 de agosto de 2005 e 31 de dezembro de 2007 e entre 1 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2017, o que perfaz os tais 9 anos, 4 meses e 2 dias que a classe docente pretende recuperar. Por sua vez, o governo pretende recuperar desse período 2 anos, 9 meses e 18 dias.

No trabalho hoje publicado pretendemos retratar parte da realidade que as escolas de Guimarães atravessam, no caso Agrupamento de Escolas das Taipas, Escola Secundária de Caldas das Taipas e Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda. Foram analisadas três grandes áreas, como poderiam ser naturalmente outras temáticas. Tirando essas opções, o trabalho é baseado nos dados estatísticos fornecidos pelas escolas para o ano letivo de 2016/2017.

Há dados claros.
continuar a ler →

Categoria: Etiqueta:

Product Description

A classe docente em Guimarães

Editorial Alfredo Oliveira

A educação está na ordem do dia. O ano letivo de 2017/18 acabou com greves da classe docente e o novo ano letivo começa novamente com greves no início de outubro.

Em cima da mesa está o pedido da recuperação do tempo de serviço que esteve “congelado” entre 30 de agosto de 2005 e 31 de dezembro de 2007 e entre 1 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2017, o que perfaz os tais 9 anos, 4 meses e 2 dias que a classe docente pretende recuperar. Por sua vez, o governo pretende recuperar desse período 2 anos, 9 meses e 18 dias.

No trabalho hoje publicado pretendemos retratar parte da realidade que as escolas de Guimarães atravessam, no caso Agrupamento de Escolas das Taipas, Escola Secundária de Caldas das Taipas e Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda. Foram analisadas três grandes áreas, como poderiam ser naturalmente outras temáticas. Tirando essas opções, o trabalho é baseado nos dados estatísticos fornecidos pelas escolas para o ano letivo de 2016/2017.

Há dados claros.
continuar a ler →