PUB
Processo de instalação de iluminação LED no concelho está atrasado
Processo de instalação de iluminação LED no concelho está atrasado
Quinta-feira, Novembro 23, 2017

Município de Guimarães iniciou há dois anos e meio o processo de substituição da iluminação pública para a tecnologia led, que permitirá ganhos energéticos na ordem dos 60%. As previsões iniciais apontavam para que a operação estivesse concluída até ao final de 2017.

Após uma primeira fase em que vários arruamentos da cidade de Guimarães passaram a estar iluminados durante a noite através de de candeeiros equipados com lâmpadas led, a Câmara Municipal de Guimarães anunciou que irá alargar a algumas freguesias periféricas da cidade a instalação de iluminação pública com recurso a esta tecnologia.

No total serão cerca de 10 mil candeeiros com led que irão ser instalados a partir desta semana, avançou a autarquia vimaranense. Nesta segunda fase, a operação incidirá nas freguesias da Costa, Azurém, Mesão Frio, Fermentões, Creixomil, Silvares e Urgezes.

Para próximas fases ficou a substituição da iluminação pública nas vilas do concelho, sendo que as áreas que foram alvo de intervenção urbana já foram equipadas com luzes led. Esta tecnologia permite uma poupança no consumo energético na ordem dos 60%.

A autarquia iniciou esta operação em agosto de 2015. Nessa altura previa-se que o concelho estaria coberto integralmente com iluminação pública led até ao final de 2017. Nessa altura, foi anunciado o valor global deste programa, que estava estimado em 10 milhões de euros, para alteração das 37 mil luminárias de todo o concelho.