prémios escolares
Sexta-feira, Junho 3, 2005

Rotary Clube de Caldas das Taipas é membro integrante da Fundação Rotária Portuguesa, que agrupa dois distritos denominados 1970 do Minho ao centro e 1960 que ocupa o restante Pais.

O distrito 1970 é composto por 82 clubes com 2.660 elementos.
O distrito 1960 é composto por 61 clubes com 1.650 elementos.
Por sua vez os Clubes e a FRP fazem parte de Rotary Internacional, sediada nos EUA, com sede em Chicago, que é composto por 31.936 clubes com 1.250.000 elementos espalhados pelos 5 continentes.
Rotary procura ligar homens de todas as raças e condições, por objectivo comum de convivência e paz, independentemente da sua nacionalidade, da sua religião e da sua politica.
Rotary é uma sociedade de serviços que procura congregar homens dispostos a estimular e fomentar o ideal de servir, com o lema de dar de si antes de pensar em si.
A Fundação Rotária Portuguesa (FRP) que me disponho hoje a falar, é uma pessoa colectiva de utilidade pública administrativa de âmbito nacional que têm, nas suas atribuições, como missão base, ajudar e incentivar a juventude escolar com bom aproveitamento e carenciada financeiramente.
Integrada nesta sua actividade a FRP instituiu vários prémios escolares de mérito, entre as quais se contam dez prémios de que são titulares os dez membros do seu primeiro conselho de administração que houve como seus fundadores.
Com estes prémios (fundadores) a FRP distingue dez estudantes propostos por dez Clubes Rotários Portugueses, previamente escolhidos para o efeito, que pelo seu trabalho escolar merecem ser distinguidos pela comunidade escolar a que pertencem.
Rotary Clube das Caldas das Taipas já foi distinguido com os prémios Fundadores, atribuída à aluna da Escola Secundária, Cristina Marlene Ribeiro Faria, moradora em S. João, no valor 500€, no ano lectivo de 2001/2002 e, com o prémio melhor bolseiro do distrito 1970, atribuído à aluna Vera Adriana Ribeiro Fernandes, de S. João de Ponte, no valor de 500€, no ano lectivo 2004/05.
Para além destes prémios, o Clube Rotário de Caldas das Taipas conseguiu já cinco bolsas de estudo o saber:
2001/2002- Armando Daniel Costa da Silva – estudante universitário, Faculdade do Minho, natural de S.Martinho de Sande.
2002/2003- Vera Adriano Ribeiro Fernandes, Escola Secundária das Caldas das Taipas, natural de S. João de Ponte
2002/2003- Maria Elisabete Marques Rodrigues, Escola Secundária das Caldas das Taipas, natural de S.João de Ponte.
2003/2004- Telmo Filipe Silva Ribeiro, Escola Secundária das Caldas das Taipas, natural de Caldas das Taipas.
2004/2005- Carla Cristina Araújo Lopes, Escola Secundária das Taipas, natural das Caldas das Taipas.
A FRP. Concede bolsas de estudo a alunos do Secundário ou Universitários e ainda os alunos deficientes. As bolsas começam a ser concedidas no Secundário (10 -º., 11-º. e 12-º anos), e a FRP não só acompanha o aluno no Secundário, como depois o continua acompanhando no ensino Superior ou Universitário até ao fim do seu curso, desde que continue com boas notas.
As bolsas tem o valor de 42€ mensais para o Secundário e, 66€ para o Universitário ou Superior.
A FRP foi criada em 1959 e, desde essa data até hoje, atribuiu 7.600€, bolsas e todos os anos, entre bolsas próprias e bolsa patrocinadas, atribui 550 bolsas anuais, que são repartidas por:
Bolsas novas, bolsas renovadas, bolsas patrocinadas, bolsas Pedro Ecoffet (Medicina) e bolsas para deficientes.
Como aqui se observa o Rotary Clube de Caldas das Taipas, algo faz em serviço da comunidade sobretudo em prémios escolares e bolsas de estudo, é para isso que Rotary existe em Caldas das Taipas.

Caldas das Taipas, 16 de Maio de 2005
Manuel Marques da Silva

PUB

Artigos Relacionados