PUB
Plano Municipal para a Juventude contou com o apoio de jovens vimaranenses
Plano Municipal para a Juventude contou com o apoio de jovens vimaranenses
DR
Sexta-feira, Fevereiro 19, 2021

No plano estão incluídas dez áreas de trabalho com os objetivos estratégicos para a juventude vimaranense. Esta é a primeira vez que um Plano Municipal da Juventude é construído com recurso a Bolsa de Facilitadores Locais.

Nos últimos meses, o município de Guimarães perscrutou 852 jovens que habitam, estudam ou trabalham no concelho de Guimarães, assim como com as entidades que trabalham direta ou indiretamente com jovens e organizações diversas, tendo em vista promover a juventude como co-produtor do Plano Municipal para a Juventude de Guimarães.

Filipa Pereira, responsável pela Bolsa de Facilitadores salienta que “é a primeira vez que em Portugal um Plano Municipal para a Juventude é construído com a recurso a Bolsa de Facilitadores Locais”, contando com o contributo de jovens locais que foram sendo capacitados para fazer este trabalho.

A partir destas sessões foi possível desenvolver um documento que revela os objetivos estratégicos dos jovens vimaranenses, assim como propostas de intervenção em dez áreas de trabalho, sendo elas Educação e Formação; Empregabilidade, Empreendedorismo e Emancipação Jovem; Acesso à Habitação; Cultura e Criatividade; Desenvolvimento Rural, Coesão e Inclusão Social; Mobilidade; Saúde, Desporto e Qualidade de Vida; Associativismo; Acesso à Informação e Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Na reunião da Comissão de Desenvolvimento para o Plano Municipal para Juventude de Guimarães, que decorreu esta quinta-feira em videoconferência, Adelina Pinto frisa que se pretende “que este seja um processo colaborativo, mas acima de tudo um compromisso de elaboração de políticas locais que assegurem a qualidade de vida da população jovem em Guimarães, num trabalho inclusivo e participado”.