Plano Municipal de Emergência merece parecer favorável
Plano Municipal de Emergência merece parecer favorável
© Direitos Reservados
Quarta-feira, Janeiro 30, 2019

Plano foi aprovado por unanimidade pela Comissão Municipal de Proteção Civil e deverá ser agora apreciado pela Autoridade Nacional de Proteção Civil. O documento define procedimentos a tomar em casos de catástrofes naturais e tecnológicas.

O documento que define o Plano Municipal de Emergência teve voto favorável por unanimidade das entidades que fazem parte da Comissão Municipal de Proteção Civil. As alterações introduzidas à versão anterior do documentos mereceram a aprovação, durante a reunião realizada na passada segunda-feira, 28 de janeiro.

O plano define os procedimentos de atuação para situações de emergência no território do concelho de Guimarães e deverá ser agora enviado para apreciação junto da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC). Após a aprovação pela ANPC, o plano deverá ser ativado pela comissão municipal.

O documento original data do ano de 2002 e esta é a quarta vez que é revisto. A vereadora municipal Sofia Ferreira preside aos trabalhos da Comissão Municipal de Proteção Civil (CMPC), na qual participam 20 entidades do concelho, nomeadamente as corporação de bombeiros de Caldas das Taipas e de Guimarães, a PSP e a GNR.