PUB
Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável do município prevê monitorização em tempo real dos rios
Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável do município prevê monitorização em tempo real dos rios
Quinta-feira, Junho 4, 2020

A última reunião de câmara foi palco para a apresentação do Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável do município, por parte de Isabel Loureiro, coordenadora geral da Estrutura Missão Guimarães 2030.

Isabel Loureiro apresentou do referido plano de ação 2020-2021, que contempla três tipologias de projetos, engloba dez grupos de trabalho e dezanove temas relacionados com os objetivos do desenvolvimento sustentável.

“Os projetos em curso e em contínuo resultam do trabalho já executado no âmbito da candidatura de Guimarães ao título de Capital Verde Europeia, tendo sido mantidos em face dos resultados obtidos e da importância da sua continuidade no âmbito do desenvolvimento sustentável do território”, aponta o município.

Uma das novidades deste plano de ação é a capacidade para monitorizar em tempo real a qualidade dos rios de Guimarães através da instalação de sensores que analisam os parâmetros físico-químicos da água, disponibilizando, então, informação em tempo real.

Este projeto já está a ser implementado, no último ano foi testado na Ribeira de Couros, em Creixomil, sendo que esta técnica será implementada em todas as linhas de água do concelho. Desta forma a capacidade de resposta para reportar descargas poluentes nos cursos de água será mais capaz.

Os resultados dos testes serão disponibilizados online sendo que, na mesma reunião, foi também informado que Guimarães terá uma estação meteorológica própria, que permitirá dotar o concelho de dados mais precisos sobre as previsões climatéricas, podendo atuar de forma mais célere em determinadas situações.