PUB
Perigo de incêndio rural recomenda cuidados redobrados
Perigo de incêndio rural recomenda cuidados redobrados
Quinta-feira, Julho 16, 2020

O calor que se tem feito sentir e que, previsivelmente, se prolongará pelos próximos dias, coloca o concelho de Guimarães em estado de elevado risco de incêndio rural.

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para elevadas temperaturas (33ºc a 38ºc) e valores da humidade relativa do ar abaixo dos 20%, com fraca recuperação noturna, levaram o Serviço Municipal de Proteção Civil e o Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Guimarães a lançar um alerta à população para o elevado risco de incêndio rural.

As duas entidades municipais determinam, assim, até às 23h59 desta quinta-feira, 16 de julho, como medidas preventivas, a restrição de realização de queima de sobrantes e queimadas, a realização de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos, a utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos, o lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes e fogo-de-artifício, fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem e a fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Esta situação, ao que tudo indica, vai ainda prolongar-se e, eventualmente, agravar-se pelos próximos dias pelo que, a recomendação de redobrados cuidados deverá será mantida pelo Serviço Municipal da Proteção Civil e o Gabinete Técnico Florestal.