PUB
Partido Socialista defende criação de laboratório de manutenção do Ave
Partido Socialista defende criação de laboratório de manutenção do Ave
Direitos Reservados
Quarta-feira, Fevereiro 22, 2017

Luís Soares entende que há trabalho feito e há experiência suficiente para sustentar a ideia de instalação de um Laboratório do Rio Ave. A ideia surgiu durante a caminhada organizada pelo PS Taipas ao longo das margens do Rio Ave.

O grupo do Partido Socialista de Caldas das Taipas reuniu no último fim de semana uma centena de pessoas, para uma caminhada ao longo das margens do Rio Ave, nas Caldas das Taipas. De acordo com os seus promotores, a iniciativa teve como objetivo envolver e sensibilizar a comunidade para o problema da poluição dos cursos de água.

Como resultado desta ação e na mesma ocasião, os responsáveis pelo PS na vila de Caldas das Taipas aproveitaram para defender a constituição de um Laboratório do Rio Ave, um equipamento de monitorização e gestão de toda a Bacia Hidrográfica do Rio Ave. Os socialistas defendem que esse equipamento deve ficar instalado em Caldas das Taipas: “pelo trabalho e experiência que temos é justo reivindicar a instalação de um equipamento destes na nossa vila”, sustenta Luís Soares, líder local do Partido Socialista.

A caminhada, que decorreu durante a manhã de domingo, 19, serviu também para sinalizar focos poluidores e outros problemas associados a uma reabilitação do rio. Neste aspeto foram identificados alguns problemas como o mau estado de conservação das margens do rio, devido à falta de limpeza e acumulação de lixo. Também foram identificados ainda alguns focos de contaminação. Estas evidências irão fazer parte de um relatório a elaborar pelos representantes do PS, que deverá ser enviado para autoridades competentes.

A ação contou com a presença de Francisco Carvalho, biólogo que desenvolve trabalho de investigação no Laboratório da Paisagem e que integra a equipa que está a preparar o processo de candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia. Participaram também o líder da concelhia vimaranense e administrador da Vimágua, Armindo Costa e Silva; e o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança.