PUB
Parque de estacionamento na zona de Camões/ Caldeiroa
Domingo, Novembro 13, 2016

A Câmara de Guimarães aprovou, com a abstenção dos vereadores da coligação Juntos por Guimarães, o processo que levará à posse administrativa, pela prerrogativa de utilidade pública ao abrigo Regime Jurídico da Reabilitação Urbana.

É intenção do município a criação de um Parque de Estacionamento na zona de Camões/Caldeiroa, muito perto do Toural, estando já em curso o procedimento inerente ao concurso público para a execução da respetiva obra, conforme deliberação da Câmara de 27 de outubro de 2016.

O presidente da Câmara entende que o parque de Camões “é estratégico para a cidade”, passando a existir, como referiu, “um acesso fácil e rápido aos serviços e comércio da cidade, através de um aparcamento perto do centro histórico e a poucos metros do Toural”.

Domingos Bragança afirmou que a obra vai avançar porque “existem dificuldades de aparcamento na cidade” e que a solução a implementar irá permitir avançar com outros estudos para a retirada de estacionamentos em algumas ruas e devolvê-las aos cidadãos.

Contrariamente ao que tinha sucedido aquando da votação deste parque de estacionamento que chegará aos 400 lugares, quando votou contra, a coligação Juntos por Guimarães desta vez acabaria por abster-se.

André Coelho Lima recordou que o voto contra foi precisamente por entenderem que a localização do parque não é a melhor e que a abstenção é por entenderem que o espaço em causa pode ser útil para o desenvolvimento da cidade: “Mantemos as reservas quanto àquele ser o local indicado para o estacionamento no centro da cidade e à viabilidade económica de um investimento de quase sete milhões de euros.

Hoje, a abstenção justifica-se por se tratar de uma grande extensão de terreno, no centro da cidade, que interessa uniformizar em termos de proprietário. Independentemente da finalidade para aquela zona, devolvemos aquele espaço à cidade”.