PUB
Parque arbóreo das Taipas mais pobre
Parque arbóreo das Taipas mais pobre
DR
Quinta-feira, Dezembro 19, 2019

O mau tempo que se tem feito sentir, em especial na madrugada de 19 de dezembro, originou a queda de mais de uma dezena de árvores e o abate de quase outras tantas, na vila das Taipas.

Entre a Alameda Rosas Guimarães e Parques de Campismo e de Lazer das Taipas, na referida madrugada, tombaram 10 árvores de grande porte. Na Avenida do Parque foram seis as árvores que foram derrubadas pelo forte vento que se fez sentir tendo causado estragos numa viatura que se encontrava estacionada no local. As restantes quatro caíram no Parque de Campismo e Parque de Lazer.

Se estas dez acabaram por não resistir à intempérie, quase outras tantas terão ficado em risco de queda, uma vez que durante toda a tarde os serviços municipais, não tiveram mãos a medir no derrube das mesmas.

Com recurso a uma máquina retro-escavadora, foram derrubadas, entre a zona da Praceta Ferreira de Castro e da Avenida da República, cerca de uma dezena de Tílias que, aparentemente, se apresentavam com elevado risco de queda.