PUB
O que vai acontecer em Guimarães em 2020
Quinta-feira, Janeiro 2, 2020

O início da nova década promete em Guimarães. Quatro importantes obras vão ficar associadas a 2020. O desnivelamento do Nó de Silvares, que permitirá descongestionar os acessos à autoestrada, vai começar muito em breve. Resultante de uma reivindicação do Presidente Domingos Bragança à Infraestruturas de Portugal e ao Governo, Guimarães passará a ter uma nova, funcional e moderna entrada na cidade, eliminando o congestionamento de trânsito e aumentando a fluidez, melhoria de circulação e condições de segurança aos cerca de 25 mil automobilistas que passam diariamente na rotunda de Silvares.

A nível cultural, será inaugurado o renovado Teatro Jordão, emblemática sala de Guimarães que vai abrir portas com uma nova função, preservando-se a memória do edificado. O projeto, que contempla um auditório de 400 lugares, vai conceder uma nova vida a um edifício com 82 anos. A intervenção recupera igualmente a “Garagem Avenida”, o que tornará real o desejo de criação de novas dinâmicas culturais, com novos cursos artísticos da Universidade do Minho, além do Conservatório de Guimarães passar a ter novas instalações.

Neste ano que agora está a começar, ficará também concluída a obra de reabilitação da antiga fábrica “Freitas & Fernandes”. Situada em Couros, mesmo ao lado do Teatro Jordão, este imóvel irá integrar as infraestruturas de apoio da Universidade das Nações Unidas-EGOV, um centro de investigação académica dedicado à governação eletrónica, situado em Guimarães desde 2014. Até à data, é a única instituição da ONU em Portugal que não está sediada em Lisboa. E que passará a ter um amplo e moderno espaço em Guimarães…

No verão, será inaugurada a obra de requalificação e ampliação do Serviço de Urgência do Hospital Senhora da Oliveira. A infraestrutura está a transformar-se graças a um investimento de 3,3 milhões de euros, com a Câmara de Guimarães a apoiar com um terço do valor da obra. O Serviço de Urgência vai aumentar de 1.200 para 2.300 metros quadrados, o que permitirá a criação de novas valências. Às urgências e cuidados intensivos, juntar-se-á uma área intermédia, com nove camas, duas em isolamento. O Serviço passará também a dispor de espaços diferenciados para adultos, crianças e bebés.

Por falar em crianças, as obras de profunda remodelação da Escola de Fafião, em Briteiros Santo Estêvão, estarão concluídas – o que reforçará o nível de qualidade do parque escolar do concelho. Com um orçamento superior a 600 mil euros, o edifício passará a estar dotado de sustentabilidade energética, uma biblioteca, uma sala para ATL, novos balneários, um campo de jogos com piso sintético, um parque infantil, entre outras valências.

2020 é, igualmente, o ano em que vão começar as obras na Torre de Alfândega, onde está a inscrição “Aqui Nasceu Portugal” e que, no futuro, será um novo miradouro da cidade. Depois do Adarve, este local de referência terá uma utilização pública com uma exposição e uma explicação detalhada do que consiste a muralha de Guimarães, podendo ser visitável por pessoas com mobilidade reduzida através de um elevador panorâmico que permitirá uma leitura diferente do interior da torre.

Mas, 2020 será também o ano da… paciência e compreensão! Além das obras de desnivelamento de acesso à autoestrada, em Silvares, a rede viária vai conhecer a nova ligação da rotunda do Reboto a Mouril e ainda a construção, pelo promotor da urbanização, da variante da rotunda de Mouril à rotunda do Pinheiro Manso, também em Silvares. O ano ficará ainda marcado pelas intervenções na Rua D. João I, Rua da Caldeiroa e Rua Padre António Caldas, sob a responsabilidade do Município de Guimarães.

No âmbito do investimento de promotores privados ao nível da rede viária perspetiva-se ainda o início do projeto que estabelecerá a ligação da Avenida D. João IV à Rua António da Costa Guimarães (Urgezes). Além destas intervenções, há as obras de beneficiação e reperfilamento na estrada que liga Fermentões, Pencelo e Selho S. Lourenço à EM 582 (Rua Engº Duarte Amaral), assim como a empreitada a efetuar na rua 24 de Junho, em Aldão, e na rua Nossa Senhora da Guia, em Atães.

Sim, o início da década… promete! No final deste novo ano, ficará concluída a obra, já em curso, do Instituto Cidade de Guimarães. Um investimento de enorme importância para a Ciência, em particular para a biomedicina. Assim será 2020: com muitos e variados projetos (já) em curso e com os olhos postos, sobretudo, na qualidade de vida e conforto dos Vimaranenses.

Feliz 2020! Um ano em que se celebram 200 anos do nascimento do Maestro Francisco de Sá Noronha, célebre violinista vimaranense (1820-1881). Um ano em que se comemoram 150 anos que a Câmara aprovou o local da Atouguia para construir o cemitério municipal. Um ano em que se completam 130 anos que começou a funcionar a máquina a vapor, então adquirida pela Companhia de Fiação e Tecidos de Guimarães.

Um ano em que se assinala, no dia 8 de setembro, o 125º aniversário da bênção da 1ª pedra da então projetada Igreja na Penha. Um ano em que (também) se evocam os 125 anos do ressurgimento das Festas Nicolinas (ainda chamadas de “O São Nicolau”), depois de vários anos de hiato. Um ressurgimento com Jerónimo Sampaio, Gaspar Roriz, Braúlio Caldas e José Luís de Pina, entre outros, num modelo que ainda hoje se mantém desde aqueles tempos: 1895.

Também no âmbito das Nicolinas, 2020 é igualmente o ano em que se completam 75 anos da Grande Noite de Homenagem à Senhora Aninhas, Madrinha dos Estudantes de Guimarães, realizada no Teatro Jordão a 05 de dezembro de 1945. Há, porém, outras datas marcantes neste início de década. É o ano do centenário de João Paulo II e de Amália Rodrigues. Mas é também o ano em que, no dia 10 de abril, se assinala meio século do fim dos Beatles. O ano em que o Teleférico de Guimarães festeja o seu 25º aniversário. E o ano em que faz 25 anos que a Microsoft lançou o Windows 95, revolucionando o mercado dos computadores. E que abriu caminho, com maior facilidade, para a redação desta crónica!

 

DATAS VIMARANENSES | 2020

Início de janeiro – Reisadas

15 de janeiro – Primeira romaria do ano: Santo Amaro

Fevereiro – S. Brás (Pevidém). Domingo seguinte ao dia litúrgico de S. Brás, 3 de fevereiro

25 de fevereiro – Carnaval (Pevidém e Nespereira)
27 de fevereiro – Cerimónia oficial de elevação a Basílica de São Torcato, coincidindo com o dia religioso de São Torcato. “Feira dos 27”

09 de março – Entrega de “O Prémio”, no dia do nascimento de Francisco Martins Sarmento

19 de março – Aniversário dos Bombeiros de Guimarães

18 e 19 abril – Senhora da Luz (fim de semana a seguir à Páscoa)

30 de abril – Aniversário dos Bombeiros das Taipas

Início de maio – Festa das Cruzes (Serzedelo), por ocasião do Dia da Santa Cruz

26 de maio – Conquista da primeira Taça de Portugal, em futebol, por um clube vimaranense (VSC)

Início de junho – Festivais de Gil Vicente

12 de junho – Véspera de Santo António (Cruz de Pedra e Arcela)

21 de junho – Ronda da Lapinha (3º domingo de junho)

22 de junho – Elevação de Guimarães a cidade em 1853, pela Rainha D. Maria II

23 de junho – Véspera de S. João (Covas, Ponte e Brito)

24 de junho – Batalha S. Mamede de 1128. Feira Afonsina

29 de junho – S. Pedro (Taipas)

02 a 05 de julho – “European Vespa Days” em Guimarães

04 de julho – Noite Branca

07 de julho – Castelo de Guimarães, uma das 7 Maravilhas de Portugal

1º fim de semana de julho – Romaria Grande de S. Torcato

2º fim de semana de julho – Feira da Terra (S. Torcato)

Meados de julho – Citânia Viva (Briteiros S. Salvador)

25 de julho – Nascimento de D. Afonso Henriques

Fins de julho – Festa de S. Tiago (Ronfe), no fim-de-semana a seguir ao dia 25

1º fim de semana de agosto – Festas Gualterianas em honra de S. Gualter, padroeiro de Guimarães

14 agosto – Procissão dedicada a Nossa Senhora da Oliveira, padroeira de Guimarães

1º fim de semana de setembro: Festa do Agricultor (Fermentões)

2º domingo de setembro – Grande Peregrinação à Penha

22 de setembro – Fundação do Vitória Sport Clube

1º fim de semana de outubro – Guimarães noc noc

01 de novembro – Fundação do Moreirense FC

Meados de novembro – Guimarães Jazz

29 de novembro – Início das Festas Nicolinas com a noite do Pinheiro

08 de dezembro – Festa da Imaculada Conceição. Passarinhas e Sardões

13 de dezembro – Inclusão do Centro Histórico de Guimarães na lista da UNESCO

13 de dezembro – Santa Luzia. Passarinhas e Sardões

24 de dezembro – Ceia de S. Crispim