Núcleo de Estudos 25 Abril apoia petição contra Museu de Salazar
Núcleo de Estudos 25 Abril apoia petição contra Museu de Salazar
DR
Sábado, Agosto 17, 2019

Está a circular, desde o dia de hoje, uma petição contra a instalação de um museu dedicado a Salazar em Santa Comba Dão. Os promotores apelam ao governo para que intervenha “no sentido de impedir a concretização de um tal projeto que se prefigura como um instrumento ao serviço do branqueamento do regime fascista (1926 – 1974) e um centro de romagem para os saudosistas do regime derrubado com o 25 de Abril”.

Na petição, os assinantes manifestam ainda, “em nome próprio e no da memória de milhares de vítimas do regime – de que Salazar foi principal mentor e responsável –, o mais veemente repúdio pela criação do Museu Salazar, recentemente anunciado pelo Presidente da Câmara de Santa Comba Dão”.

O Núcleo de Estudos 25 de Abril, grupo informal com 10 anos de existência, que nasceu ligado à EB 2,3 de Briteiros, tomou uma posição no sentido de apelar aos cidadãos para assinarem a petição que traduz uma “luta pela democracia, pela liberdade e contra camuflagens da realidade histórica sobre as consequências que Portugal sofreu com a ditadura salazarista”.

A Câmara Municipal de Santa Comba Dão pretende arrancar, no decorrer deste mês de agosto, a primeira fase das obras de requalificação da Escola Cantina Salazar que será transformada, de acordo com a informação camarária, “num Centro Interpretativo do Estado Novo (CIEN)”.