Nova escola, novos desafios
Quinta-feira, Julho 20, 2017

Está oficialmente encerrada a Escola Básica das Taipas, no mesmo sítio vai nascer um novo edifício, contemporâneo, luminoso, rasgado, com todas as condições para uma verdadeira escola do século XXI. Um edifício vai abaixo, outro nasce, a escola continua, a história prossegue, uma história educativa que marcou a Vila das Taipas, uma história de sucessos e alguns insucessos, uma história que marcou tantos que por lá passaram: alunos, professores, pessoal não docente, pais e encarregados de educação.

E nem sequer temos um intervalo nesta história que é de continuidade. Isto porque a Escola Básica das Taipas continua a existir para as centenas de alunos que a vão frequentar no próximo ano letivo, para as dezenas de professores e pessoal não docente que aí vão continuar a trabalhar. Há apenas uma mudança de local, temporária e ocasional. A história segue dentro de momentos (um ano), no mesmo local.

O grande problema que se pôs à construção da nova escola foi a colocação dos mais de 700 alunos que a vão frequentar. Muitas e muitas soluções foram equacionadas, quer pelo município, quer pela direção do agrupamento, muitas visitas e muitas reuniões realizamos. Finalmente a melhor solução foi encontrada: os alunos do 2.º ciclo, mais novos, ficam na Escola Secundária de Caldas das Taipas, numa zona onde terão todas as condições para um ano letivo de sucesso. Os alunos do 7.º e 8.º ano ficarão com a Escola de S. Lourenço de Sande só para eles e para que tenham todas as condições serão aí colocados 8 pré-fabricados de grande qualidade. Os alunos do 9.º ano ficarão na Escola Básica de S. Martinho.

E toda esta movimentação teve sempre o cuidado de garantir também todas as condições para os alunos do 1.º ciclo. No caso de S. Lourenço de Sande os alunos do 1.º ciclo voltarão para a antiga Escola de Agrolongo, conforme vontade dos pais, escola que recebeu também algumas obras de beneficiação para receber novamente as suas crianças. A Escola de S. Martinho está perfeitamente dividida para que funcione o 1º ciclo e o 9º ano, sem que uns prejudiquem os outros. Aí funcionará também a Direção do Agrupamento e os Serviços Administrativos.

E assim funcionará o próximo ano letivo da Escola Básica das Taipas, em três locais diferentes, garantindo-se transportes a todos os alunos, cantina, biblioteca, funcionários suficientes, presença de um ou dois elementos da direção e espaços condignos para a prática da Educação Física.

Todos os esforços físicos, materiais, humanos e tecnológicos foram garantidos para os três espaços que constituirão a Escola Básica das Taipas no ano letivo 2017/2018. Vai ser um ano de sucessos! E a história vai continuar!