PUB
Nicolinas 2020 condicionadas pela pandemia mas sem vontade de por em causa a tradição
Nicolinas 2020 condicionadas pela pandemia mas sem vontade de por em causa a tradição
Quarta-feira, Novembro 11, 2020

Com a impossibilidade de se criar ajuntamentos, as Festas Nicolinas ficam condicionadas. A Comissão de Festas Nicolinas cancelou a realização das Moinas e dos Ensaios.

As Festas Nicolinas são organizadas pela Comissão de Festas Nicolinas e acontecem anualmente de 29 de novembro a 7 de dezembro, sendo preenchidas por vários números, desde o Pinheiro e Ceias Nicolinas ao Pregão da Academia Vimaranense.

O ano de 2020 tem sido palco de uma vaga de adiamentos e até cancelamentos de eventos, devido à pandemia de covid-19 e, como se esperava, a preparação das Festas não escapa a isso. No dia 10 de novembro, a Comissão de Festas Nicolinas anunciou a impossibilidade da realização das Moinas e dos Ensaios.

Apesar desta condicionante, a Comissão não coloca em hipótese não realizar os eventos. “O perigo inerente a uma tradição diz-nos que um corte pode ser fatal. Não se passa um testemunho sem um estafeta. Sem a realização das Festas Nicolinas 2020, estão em perigo as Festas Nicolinas 2021 e sucessivas. As nossas Festas têm de ser realizadas, pois os Estudantes do ano letivo 2020/2021 – que têm este ano o seu primeiro contacto com este nosso (e prontamente seu) fenómeno – serão quem cuidará da nossa tradição, no futuro.”, comunicou a comissão de festas na rede social Facebook.

Nos comentários da publicação, vários foram os vimaranenses a apelar ao rufar dos tambores através das varandas das suas casas. Uma sugestão que respeitaria o distanciamento social, e que manteria o Espírito Nicolino vivo.

A comissão revela estar a discutir soluções para que algo seja feito, com todas as medidas de segurança necessárias, para que “este ano atípico, não nos leve tudo”.