PUB
Músicos em residência criam peça erudita para o órgão da igreja de Nossa Senhora da Oliveira
Músicos em residência criam peça erudita para o órgão da igreja de Nossa Senhora da Oliveira
© Carolina Ribeiro
Quinta-feira, Dezembro 6, 2018

Uma peça original está a ser composta por estes dias, numa encomenda feita especificamente para a época de natal e tendo como foco o órgão ibérico da igreja de de Nossa Senhora da Oliveira. A composição que se encontra em fase de conceção será mostrada no dia 29 de dezembro.

Trata-se de uma peça encomendada pela associação Capivara Azul e o resultado será apresentado no dia 29 de dezembro, na igreja de Nossa Senhora da Oliveira. Durante uma semana, os compositores e músicos Sérgio Bastos e Pedro Augusto estarão em Guimarães num período de residência artística a elaborar a peça que irão apresentar.

O órgão ibérico da igreja de Nossa Senhora da Oliveira, no centro histórico de Guimarães, é a fonte de inspiração a partir da qual os músicos irão compor uma nova peça de música erudita contemporânea que já tem nome – “Música Mágica”.

Esta peça parte de premissas como a desvinculação da tradição litúrgica no uso do órgão e procurará explorar as potencialidades acústicas da igreja, tendo ainda como objeto central do trabalho o o órgão ibérico da Igreja da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira.

Os músicos Sérgio Bastos e Pedro Augusto foram os músicos convidados pela Capivara Azul. O primeiro é pianista acompanhador e professor de piano, colaborando em vários projetos musicais como o Space Ensemble ou Sonoscopia. Pedro Augusto, também conhecido como Ghuna X, compõe para cinema e teatro e trabalhou como produtor musical e engenheiro de som em discos de Capicua, Black Bombaim, Calhau ou Killimanjaro.

Os dois músicos serão acompanhados por Francisco Fernandes e Carole Reis, ambos estudantes de música no Conservatório de Música de Guimarães. O concerto integra o programa de Guimarães, Cidade Natal, promovido pela Câmara Municipal de Guimarães.