PUB
Municípios do Eixo Atlântico reúnem-se para reflectir sobre turismo termal
Municípios do Eixo Atlântico reúnem-se para reflectir sobre turismo termal
© Direitos Reservados
Quinta-feira, Março 23, 2017

As termas das Taipas foram o ponto de encontro dos municípios do Eixo Atlântico que oferecem serviços de turismo termal – Chaves, Vizela, Santo Tirso, Santa Maria da Feira e O Grove (Espanha). O fórum aconteceu por ocasião do dia mundial da água, que se assinalou esta quarta-feira, 22.

A Taipas Termal foi o ponto de encontro dos municípios do Eixo Atlântico que oferecem serviços de turismo termal – Chaves, Vizela, Santo Tirso, Santa Maria da Feira e O Grove (Espanha). O fórum aconteceu por ocasião do dia mundial da água, que se assinalou esta quarta-feira, 22.

A lista dos pontos estratégicos onde investir é extensa: promoção de hábitos bio-saudáveis, a criação de um cartão de termalista que fidelize os termalistas, a investigação em colaboração com as universidades, a promoção conjunta dos destinos termais, captação de recursos de financiamento com programas e planos europeus, a formação e visibilidade dos recursos próprios, tanto termais como históricos e patrimoniais.

Para concretizar esta estratégia foram discutidos, no Balneário Taipense, convénios, protocolos e novas adesões, a proposta do programa de atuação e financiamento, entre outros temas fundamentais para o sucesso desta rede termal.

Para o presidente da direção da Taipas Termal, Ricardo Costa, “o trabalho que esta rede termal realiza é mais um passo importante para a promoção dos territórios abrangidos pelo Eixo Atlântico”. Focou ainda que “todos os recursos são importantes para promover os Balneários Termais e o território onde estes se encontram inseridos”.

O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, criado em 1992, apresenta-se como uma associação transfronteiriça composta por diversas cidades do Norte de Portugal e da Galiza. Tem como objectivo fundamental o desenvolvimento económico, social, cultural, científico e tecnológico das cidades e regiões que lhe pertencem. Estas cidades configuram o sistema urbano da Euro-região Norte Portugal – Galiza.

Artigos Relacionados