PUB
Município reverte aumento da tarifa da Vimágua em 2021 e o PSD congratula-se com a medida
Município reverte aumento da tarifa da Vimágua em 2021 e o PSD congratula-se com a medida
© Direitos Reservados
Sexta-feira, Novembro 13, 2020

O executivo vimaranense vai deliberar na próxima segunda-feira, em reunião de câmara, uma proposta da revogação do tarifário da Vimágua para o próximo ano, facto que leva o PSD de Guimarães a congratular-se com a medida.

Recorde-se que a proposta previamente aprovada com os votos da maioria socialista a 26 de outubro despoletou várias reações partidárias. Uma decisão que agora a Câmara Municipal pretende reverter.

Na agenda da reunião de câmara consta a seguinte proposta: “Enquanto este surto pandémico persistir, entendo que a Câmara Municipal deve continuar a fazer tudo o que estiver ao seu alcance no sentido de evitar qualquer aumento de encargos para a generalidade dos Munícipes, independentemente do seu montante. Considerando as razões suprarreferidas, proponho que a Câmara Municipal aprove que o tarifário para 2021 da VIMÁGUA não sofra qualquer aumento, mantendo, assim, os mesmos valores aprovados para 2020”.

Esta medida levou o PSD de Guimarães a congratular-se. “O PSD congratula-se com este recuo que vai de encontro às necessidades dos vimaranenses e vem provar que tínhamos razão, quando apreciamos negativamente o aumento. Atravessamos um problema sanitário sem precedentes nos tempos modernos, que resultará numa crise económica cuja dimensão ainda não podemos avaliar. A postura de um decisor político responsável, neste quadro, é, tanto quanto possível, não acrescentar contrariedades à vida das pessoas e empresas”, assume Bruno Fernandes, líder do PSD de Guimarães.

Na mesma nota enviada às redações o líder da oposição deixa críticas à forma como o município está a gerir a questão da pandemia. “O Município não pode continuar a gerir esta situação em função das repercussões que os assuntos têm nas redes sociais. Impõe-se que sejam antecipados cenários e definidas estratégias claras, que sejam implementadas com tempo, de forma planificada e, sobretudo, explicadas à população”, atira Bruno Fernandes.