PUB
6 mortos e 268 feridos leves
Quarta-feira, Junho 1, 2005

A Comissão Distrital de Segurança Rodoviária reuniu no dia 31 de Maio, para analisarem o Relatório Mensal de Abril e o do 1.º trimestre de 2005 sobre a situação da sinistralidade do Distrito.

Em Abril de 2005, registaram-se 193 acidentes no Distrito de Braga, tendo resultado 6 mortos, 19 feridos graves e 249 feridos leves. Comparativamente ao mês homólogo do ano transacto, registaram-se menos 69 acidentes, igual número de mortos(6), menos 1 ferido grave e menos 77 feridos leves. É de salientar que dentro das localidades, registou-se menos 25 vítimas, nos veículos de 2 rodas, menos 3 vítimas e com os peões, menos 8 vítimas.

O ano passado, o Distrito de Braga foi o 5.º com o maior número de mortos, neste sentido, a Comissão tem como objectivo melhorar claramente esses índices. Para esse efeito, tem-se realizado reuniões parcelares com vários membros da Comissão com a finalidade de tomar medidas que conduzam à redução do número de acidentes.

Em comunicado à imprensa, é referido que vão ser feitos esforços para aumentar ainda mais os meios de equipamento utilizados pelas Forças de Segurança, para enfrentar esta importante situação, que a todos mobiliza e preocupa.

A velocidade excessiva, a manobra irregular e o desrespeito de sinalização, continuam a ser as causas mais frequentes dos acidentes registados. Os acidentes com maior indicador de gravidade ocorreram, nos Concelhos de Barcelos, Braga, Guimarães, Póvoa de Lanhoso e Vila Nova de Famalicão, tendo o Concelho de Braga registado o maior número de mortos (dois).

Pela Comissão foi apreciado o elevado número de peões vitimados no ano 2004 no Distrito, que representam 27,7%, quando a média nacional foi de 17,1%.

Assim, na próxima reunião desta Comissão Distrital de Segurança Rodoviária o Governo Civil convidou todos os membros a apresentar sugestões ou propostas com vista à redução séria deste quadro de sinistralidade na área dos peões mortos em acidentes na estrada.

Artigos Relacionados