PUB
Marta Branco entre os sete vimaranenses eleitos delegados da Federação Portuguesa de Ciclismo
Marta Branco entre os sete vimaranenses eleitos delegados da Federação Portuguesa de Ciclismo
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Agosto 3, 2020

A Associação de Ciclismo do Minho (ACM) reforçou a sua representação na Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), sendo a associação mais representativa a nível nacional neste órgão.

Ao todo foram eleitos dezasseis minhotos em representação de clubes da região, nomeadamente treinadores, ciclistas e árbitros. Destes dezasseis elementos, sete são de Guimarães. São os casos de José Luís Ribeiro, Joaquim Mendes, Armando Sousa, Paulo Abreu (Stromp), Marta Branco, José Mendes e Maria José Miranda.

José Luís Ribeiro, presidente da ACM, assume que as expetativas foram superadas. “Superamos as melhores expectativas, consolidando e reforçando o Minho como a maior representação a nível nacional na Assembleia-Geral da FPC”, refere, acrescentando que “a demonstração não apenas da grande vitalidade do ciclismo na região do Minho mas também da predisposição dos agentes desportivos minhotos para contribuírem ativamente para o desenvolvimento da modalidade”.

A ciclista taipense Marta Branco, Campeã Nacional de Ciclocrosse na categoria sub-23, foi uma das eleitas, sendo representante dos ciclistas BTT amadores.