PUB
“Mão pesada” da GNR no estacionamento gera descontentamento
“Mão pesada” da GNR no estacionamento gera descontentamento
Bruno Ferreira
Quinta-feira, Agosto 6, 2020

A Guarda Nacional Republicana (GNR) das Taipas tem seguido a solicitação da Junta de Freguesia de Caldelas no que à questão do estacionamento diz respeito, situação que tem gerado o descontentamento de comerciantes e não só.

Recorde-se que recentemente a Junta de Freguesia de Caldelas reuniu com a GNR, fazendo notar a sua preocupação pelo “estacionamento indevido”, algo considerado como uma “prática enraizada na Vila das Taipas”, nomeadamente em cima dos passeios, o que “danifica o património da freguesia”.

A Rua Reitor Antunes Machado foi um dos exemplos dados pela junta de freguesia, pelo que neste caso a atuação da GNR tem sido constante. “Têm passado por aqui todos os dias, às vezes mais do que uma vez ao dia até”, atira José Dias, proprietário de uma loja de acessórios para automóveis situada precisamente nesta rua.

“Estou aqui há 37 anos, desde 1985, e nunca tive problemas; estou a ter agora. Sempre se parou aqui para fazer cargas e descargas, agora é impossível. Temos do outro lado um lugar para cargas e descargas, mas está sempre ocupado”, desabafa José Dias ao Reflexo.

Para além do estacionamento em cima do passeio, têm sido multados também os veículos que se encontram no lado oposto, algo que até agora não acontecia. Apesar de não ter qualquer sinalização que proibisse o estacionamento, a explicação dada é que tratando-se de uma estrada de dois sentidos e sem espaço para se poder estacionar automaticamente essa prática é proibida.

Segundo José Dias foi colocado esta terça-feira o referido sinal de proibição de estacionar. Com esta prática o estacionamento na Rua Reitor Antunes Machado tem vindo a diminuir.