PUB
Manuel Ribeiro justifica ausência pelo incumprimento do prazo para entrega documental
Manuel Ribeiro justifica ausência pelo incumprimento do prazo para entrega documental
Paulo Dumas
Terça-feira, Março 27, 2018

Líder na bancada da coligação JpG reresentada em Caldelas, alega não ter recebido o relatório da auditoria para análise e posterior discussão na Assembleia de Freguesia. A ausência é ainda justificada pelo atraso no envio dos restantes documentos.

Decorrente da ausência dos membros da bancada eleita pela coligação Juntos por Guimarães (JpG), na sessão extraordinária da Assembleia de Freguesia de Caldelas, o líder desta bancada justifica o não reconhecimento da convocatória, por motivo de “violação dos prazos legais”.

Em reunião dos membros da bancada, realizada a 24 de março, foi decidida a não comparência na assembleia de dia 26, convocada no dia 20, invocando a impossibilidade de um estudo “conveniente, preparado e proficuo” dos documentos de suporte das propostas.

Na comunicação do líder da bancada da coligação JpG ao presidente da mesa a assembleia, é ainda referido que o relatório da auditoria, que estaria em análise na assembleia extraordinária, não foi junto com os restantes documentos que, por sua vez, já terão sido enviado fora do prazo. Além disso, Manuel Ribeiro alega ter havido “alguns membros que não conseguiram abrir os anexos”.

Desta forma, é justificada a ausência de todos os elementos da bancada da coligação JpG na Assembleia de Freguesia de Caldelas realizada segunda-feira, 26 de março. Os membros eleitos terminam ainda com a reserva da possibilidade de ser questionada a legalidade das decisões ali tomadas.

Foi sobre esta comunicação escrita, que o presidente da mesa da Assembleia de Freguesia, Sérgio Araújo, começou a sessão dando nota da sua resposta, onde era rejeitado qualquer incumprimento dos preceitos regimentais, conforme damos nota no relato da assembleia.