PUB
Luís Soares preocupado com atraso na distribuição do correio
Luís Soares preocupado com atraso na distribuição do correio
© Direitos Reservados
Quarta-feira, Setembro 11, 2019

O deputado do PS e candidato pelo círculo eleitoral de Braga nas próximas eleições legislativas, questionou o Ministério das Infraestruturas sobre o atraso na distribuição do correio que se verifica em algumas freguesias do concelho de Guimarães e por diversas zonas do país.

Em nota distribuída à imprensa, onde é revelada a confirmação, por parte do Ministério das Infraestruturas, da existência de constrangimentos pontuais na distribuição de correio nas freguesias de Moreira de Cónegos, São Lourenço de Sande, Donim, São Salvador de Briteiros e Lordelo, Luís Soares mostra-se preocupado e considera tratar-se de “uma situação que tem de ser resolvida e que não se pode repetir.”

O documento alude ao facto dos referidos constrangimentos se deverem ao facto de “estarem a decorrer renovações de contratos de prestação dos serviços de distribuição, o que tem provocado algumas perturbações no fluxo normal de entrega de correio”.

Veiculando informação prestada pelos CTT, pode ler-se que ao atrás descrito, “acresce também a enorme dificuldade que se verifica no recrutamento e na contratação de pessoas, incluindo de prestadores de serviços, em particular nos meses de Verão”, assegurando, contudo, aquela entidade “que as situações são pontuais e localizadas, estando a distribuição do correio a ser assegurada internamente, pelos próprios CTT, mediante a realocação de carteiros afetos a outras áreas”.

Para Luís Soares, depois do encerramento massivo de balcões e de postos dos CTT, “esta é mais uma consequência grave da privatização daquela instituição” garantindo que “acompanhará este problema até que ele esteja resolvido”.

O documento distribuído às redações revela que “segundo a informação recebida a expectativa dos CTT é que a situação esteja resolvida até ao final do mês de setembro”.