Luís Soares defende para Caldelas a recuperação do estatuto de vila-jardim
Luís Soares defende para Caldelas a recuperação do estatuto de vila-jardim
© Direitos Reservados
Quinta-feira, Julho 6, 2017

Luís Soares pretende candidatar os espaços verdes da vila ao Prémio Europeu de Jardins – um prémio anual que premeia a qualidade e o cuidado no tratamento dos jardins e espaços verdes de uma forma geral.

O candidato do Partido Socialista à liderança da Junta de Freguesia de Caldelas, Luís Soares, anunciou a primeira medida a levar a efeito, caso seja eleito no próximo dia 1 de outubro.

Para isso, Luís Soares conta recuperar para Caldas das Taipas o estatuto de vila-jardim através de um projeto que deverá abranger a reabilitação dos espaços ajardinados da vila e elaborar uma plano de arborização para a vila e a freguesia. Estas medidas juntar-se-ão ao alargamento do parque de lazer, cuja defesa já foi anteriormente feita pelo candidato socialista.

A riqueza da paisagem ribeirinha, da margem direita do Rio Ave, assim como todas as áreas de campos agrícolas, são para Luís Soares um ativo importante – “temos todas as condições para recuperar o nosso estatuto de joia do Minho, de Vila Jardim”, refere o candidato socialista.

O tratamento e valorização dos espaços naturais na freguesia de Caldelas serão igualmente um argumento e um contributo que Caldelas poderá dar no processo de candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia.

Portugal faz parte da rede Europeia do Património dos Jardins, juntamente com catorze outros países europeus. A European Garden Heritage Network, organismo fundado em 2003, tem-se pautado pela importância que os jardins urbanos poderão representar para a economia regional, através do turismo, da sustentabilidade ambiental e do ambiente urbano.