PUB
Luís Miguel Cintra em Residência Artística em Guimarães
Luís Miguel Cintra em Residência Artística em Guimarães
Eduardo Martins
Terça-feira, Dezembro 12, 2017

Depois de três residências artísticas (Montijo, Setúbal, Viseu), chega a Guimarães “Um D. João Português” que terá estreia, na sua versão integral, a 19 e 20 de janeiro, no Centro Cultural Vila Flor.

O último ato desta peça, “A Escuridão ao Fim da Estrada”, está a ser desenvolvida pela equipa de Luis Miguel Cintra, na Black Box da Fábrica Asa e será apresentado neste mesmo espaço, nos dias 13 e 14 de dezembro, pelas 21h30.

O derradeiro ato da peça, “A Escuridão ao Fim da Estrada”, cruza, como referem os encenadores, “a tradução anónima de cordel com o texto original de Molière. Na versão portuguesa, é o homem quem acaba por ser vencido pela mulher que generosamente o perdoa e força o casamento. Na versão em causa, é a doce argumentação de Elvira que tortura a consciência de D. João e desemboca numa cena de fantasmagoria com espetros e outros acontecimentos espetaculares, transformando o casamento da versão portuguesa numa mascarada de Halloween”.

“Um D. João Português” é uma coprodução da Companhia Mascarenhas-Martins, do Teatro Viriato e do Centro Cultural Vila Flor.

Artigos Relacionados