PUB
Livro do centenário da vida literária de Ferreira de Castro lançado em Oliveira de Azeméis
Livro do centenário da vida literária de Ferreira de Castro lançado em Oliveira de Azeméis
Terça-feira, Fevereiro 20, 2018

É lançado esta quinta-feira, 22, em Oliveira de Azeméis, o livro que reúne o conjunto das intervenções que fizeram parte do ciclo de conferências realizado em 2016, por altura dos 100 anos da vida literária de Ferreira de Castro.

O Centro de Estudos Ferreira de Castro promove o lançamento do livro de comunicações do ciclo de conferências realizado por altura dos 100 anos de vida literária do escritor. Este ciclo de conferências realizou-se em Oliveira de Azeméis, durante o ano de 2016.

O livro, que será apresentado na próxima quinta-feira, 22, é uma edição da Fundação Eng. António de Almeida. Na altura da sua apresentação estarão presentes José Carlos Soares – do Centro de Estudos Ferreira de Castro; o editor Paulo Samuel; e Pedro Calheiros, da Universidade de Aveiro.

A presentação do do livro está agendada para as 18 horas de dia 22, quina-feira, na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, em Oliveira de Azeméis.

Ferreira de Castro é natural do lugar de Ossela, no concelho de Oliveira de Azeméis, tendo emigrado para o Brasil desde cedo. Essa experiência viria a moldar a forma como via o mundo e o descrevia. Começou por publicar, em 1916, “Criminoso por Ambição”.

É de Ferreira de Castro a autoria da frase “a terra onde a Lua fala”, descritiva da vila de Caldas das Taipas, local onde passou férias durante uma série de anos. Em Caldas das Taipas passava como homem anónimo, o que era do agrado do escritor.

Ainda em vida (morre em 1974) é homenageado nas Caldas das Taipas pelo Círculo de Arte e Recreio, em 1971, com a colocação de um busto representado o escritor. Em 2017, recebe a Medalha de Honra da Freguesia de Caldelas.