Laborinho Lúcio e a Frei Bento Domingues recebem doutoramento honoris causa da UMinho
Laborinho Lúcio e a Frei Bento Domingues recebem doutoramento honoris causa da UMinho
© Direitos Reservados
Quarta-feira, Fevereiro 13, 2019

A Universidade do Minho irá atribuir o título de doutor honoris causa a Álvaro Laborinho Lúcio e a Frei Bento Domingues. A cerimónia decorrerá durante a manhã de sexta-feira, 15 de fevereiro.

O título honorífico de doutor honoris causa é concedido a personalidades eminentes que se tenham destacado pela sua reputação, mérito ou ação na sociedade. Neste caso, Laborinho Lúcio é formado em Direito pela Universidade de Coimbra, tendo sido juiz, procurador-geral adjunto da República,  juiz conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça entre muito outras posições. Foi ainda vice-presidente e presidente do Conselho Geral da UMinho.

Quanto a Frei Bento Domingues, natural de Terras de Bouro, estudou Filosofia e Teologia e dedicou-se ao ensino e à investigação. Durante a ditadura participou na Comissão Nacional de Socorro aos Presos Políticos, no Comité Português Pró-Amnistia Geral no Brasil e no Conselho de Imprensa, bem como no lançamento da publicação clandestina “Direito à Informação”. É autor de vários livros e outras publicações.

Ambos estarão numa conversa informal na quinta-feira, 14, no Instituto de Ciências Sociais, no campus de Gualtar, em Braga, pelas 18 horas. A cerimónia de sexta-feira, inserida nas comemorações do 45.º aniversário da UMinho, contará com várias personalidades nacionais, incluindo o ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues.