PUB
Junta de Freguesia de Caldelas aprova dois projetos para os mais de 65 anos na área da saúde
Junta de Freguesia de Caldelas aprova dois projetos para os mais de 65 anos na área da saúde
Alfredo Oliveira
Quinta-feira, Dezembro 7, 2017

Regulamento para apoio integral da vacina antipneumocócita aos mais de 65 anos foi aprovado, bem como um programa de termalismo sénior para o mesmo grupo etário.

O executivo liderado por Luís Soares aprovou em reunião ordinária do dia 6 de dezembro, duas das três medidas previstas para os primeiros cem dias de mandato na área da saúde e tendo como público-alvo os séniores da freguesia.

O “Programa de Vacinação Antipneumocócita Mais 65”, apresentado pela vogal Patrícia Correia, prevê o pagamento integral da vacina para todos os idosos que, cumulativamente, tenham os 65 anos, sejam residentes na freguesia, apresentem insuficiência económica e estejam referenciados pelos centros de saúde. Esta vacina tem um custo de 60 euros que, desta forma, poderá ser adquirida a custo zero pelos utentes. A verba a inscrever no próximo orçamento será de 1500 euros para este efeito.

Os mais idosos interessados em usufruir deste apoio, deverão passar pelos centros de saúde, onde os seus serviços de ação social validarão esse apoio, a partir de 1 de janeiro de 2018.

Nesta mesma reunião, foi também aprovada a proposta de um protocolo com a cooperativa Taipas Turitermas para a implementação de um programa dirigido ao mesmo grupo populacional. O “Programa de Termalismo Sénior” não terá qualquer encargo financeiro para a Junta de Freguesia, sendo a Taipas Termal que procederá diretamente os descontos aos seus serviços. De uma forma geral, os mais de 65 anos residentes em Caldelas passarão a pagar somente 25 euros na consulta inicial, terão a oferta da inscrição no valor de 28,5 euros e terão ainda 50% de desconto dos serviços prescritos pelo médico desta área de saúde.

Luís Soares referiu ainda que estes dois programas serão assinados com as entidades envolvidas, no próximo dia 12 de dezembro, pelas 18 horas, e contará com a presença do presidente da Câmara, Domingos Bragança.

O presidente da Junta de Freguesia deu conta ainda que a terceira medida na área de saúde para estes primeiros 100 dias, o programa de rastreios, terá início no mês de janeiro.