PUB
José Tolentino Mendonça conversa em torno de “Clareira”, em exposição no CIAJG
José Tolentino Mendonça conversa em torno de “Clareira”, em exposição no CIAJG
© Direitos Reservados
Quarta-feira, Maio 29, 2019

Conversa pretende lançar um olhar sobre a obra de Manuel Rosa, atualmente representada numa exposição do ciclo “Pensamento Ameríndio”, no CIAJG, em Guimarães.

O arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano, José Tolentino de Mendonça, estará em Guimarães para uma conversa em torno da exposição “Clareira”, do autor Manuel Rosa, que se encontra no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG). O encontro está marcado para o dia 8 de junho, pelas 18h30, no mesmo local.

Manuel Rosa, descrito como “um dos mais singulares e originais escultores surgidos na década de 1980 em Portugal”, tem em exposição uma coleção de peças de grande e pequena escala, em gesso, bronze ou areia de fundição, várias delas produzidas para esta exposição, com curadoria de Nuno Faria – diretor artístico do CIAJG.

O atual arcebispo, arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca Apostólica Vaticana participa no presente ciclo do CIAJG dedicado ao “Pensamento Ameríndio”, que integra ainda “Variações do Corpo Selvagem: Eduardo Viveiros de Castro, Fotógrafo”, “Carõ – Multidões da Floresta”, uma exposição de João Salaviza e Renée Nader Messora, e A Morte de Ubu, de João Louro.