PUB
Jornadas Europeias do Património com atividades diversas em Guimarães
Jornadas Europeias do Património com atividades diversas em Guimarães
Quinta-feira, Setembro 26, 2019

Várias atividades decorrem durante todo o fim de semana, algumas delas gratuitas. O tema deste ano é Património, Artes e Lazer. Envolvendo mais de 70 000 eventos, as Jornadas Europeias do Património são o principal evento cultural participativo do continente europeu.

As Jornada Europeia do Património decorrem no próximo fim de semana, com várias propostas a decorrer em Guimarães. Dinamizadas pela Direção Geral do Património, em dependência com o Ministério da Cultural, as jornadas nos dias 27, 28 e 29 de setembro.

Todos os anos é lançado o desafio a várias entidades para que promovam iniciativas, tendo em consideração as facetas do património que se relacionam com as artes, entendidas como fonte de entretenimento e lazer. Este anos estão registadas cerca de 1400 atividades, sendo que o tema deste ano ronda as relações entre as Artes, Património e o Lazer.

A Junta de Freguesia de Caldelas associa-se ao programa, programando duas atividades para o próximo fim de semana. Na sexta-feira, 27 de setembro, pelas 21h30 decorrerá uma tertúlia à volta do tema “O Património Termal e a Atividades Turística nas Caldas das Taipas”. A conversa decorrerá na sede da Junta de Freguesia, pelas 21h30.

No sábado o historiador e cronista do Reflexo, António José Oliveira, orientará uma visita por vários pontos da vila. “Um Percurso pelo Património Termal e Turístico de Caldas das Taipas” é o tema do périplo, que se iniciará pelas 10h30, na Junta de Freguesia de Caldelas.

Também integrado nas Jornadas Europeias do Património, o Museu de Agricultura de Fermentões irá inaugurar no sábado, 27, pelas 11 horas, uma exposição permanente de canecas artísticas. Estas peças foram reunidas por Rui Mesquita Oliveira, tendo sido cedidas pela família ao museu.

Na cidade, o Museu Alberto Sampaio organiza igualmente um conjunto de atividades, que decorrerão nos três dias do fim de semana. Entre essas atividades está uma sessão de teatro de marionetas, uma proposta para o público juvenil. A peça “Como D. João I tomou a Vila de Guimarães” acompanha a descrição de Fernão Lopes sobre este episódio histórico. Será dia 27, às 10 horas.

Na Casa da Memória é possível apreciar a exposição “Os Rostos do Meu Bairro”, na base de um projeto realizado em colaboração com a cooperativa Fraterna. Na Loja Oficina está patente a exposição de António Silva, um artesão da freguesia de Aldão.

No Paço dos Duques de Bragança, está programado para sábado, às 15h00, o “Percurso pelo Monte Latito”. No domingo, às 15h00, realiza-se o teatro de marionetas – “O Afonso e a Constança, primeiros duques de Bragança!”. Durante o fim de semana cumpre-se ainda o roteiro “Da Vila de Cima à Vila de Baixo”, que permite conhecer alguns dos principais marcos da história de Guimarães.

As Jornadas Europeias do Património 2019 (#EHDs), uma iniciativa conjunta da Comissão Europeia e do Conselho da Europa desde 1999, apoiada pelo programa Europa Criativa, estão a decorrer em toda a Europa entre agosto e outubro.