PUB
Instalação do horto da freguesia de Caldelas poderá ser uma realidade ainda em 2018
Instalação do horto da freguesia de Caldelas poderá ser uma realidade ainda em 2018
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Fevereiro 19, 2018

Após uma visita aos terrenos onde se prevê instalar o viveiro de plantas da freguesia, que contou com a presença da vereadora Sofia Ferreira, surgiu a intenção do município de aí instalar também uma área para horticultura comunitária. Projeto ficará a cargo da Câmara Municipal de Guimarães.

A Junta de Freguesia de Caldelas e a Câmara Municipal de Guimarães pretendem avançar desde já com a execução do projeto do horto da freguesia. O projeto deverá ser elaborado pelo município e executado ainda durante o decorrer do ano de 2018.

A criação de um horto que funcionasse como viveiro de plantas para a gestão dos jardins da vila era uma das propostas apresentadas pela candidatura de Luís Soares, atual presidente de Caldelas. A disponibilidade por parte da Câmara Municipal de criar também uma horta comunitária foi confirmada pela vereadora Sofia Ferreira, durante a visita.

O horto da freguesia e a horta comunitária deverão ficar instalados num dos terrenos junto à margem do Rio Ave. Em visita ao local, Sofia Ferreira sustentou a ideia de uma horta comunitária com a “necessidade de promoção da agricultura em meio urbano, aliada a uma maior consciência ambiental”.

Luís Soares destacou a disponibilidade do município para “acrescentar valor” a uma proposta inicial que tinha sido formulada pela Junta de Freguesia. A criação da horta comunitária de Caldelas insere-se numa estratégia de alargamento do modelo atualmente existente na Veiga de Creixomil.

Partindo dos terrenos existentes para a prática agrícola, deverão ser delimitadas áreas para viveiros de sementeiras, produção de herbáceas e arbustivas e uma segunda área destinada ao uso pela população. De resto, o modelo poderá ser semelhante, com a disponibilização de um talhão a quem manifestar esse interesse. O talhão agrícola deverá servir a prática de horticultura “sustentável e autossuficiente”.