PUB
Hospital de Guimarães quer criar Centro de Medicina Desportiva e os atletas do Vitória são os primeiros pacientes
Hospital de Guimarães quer criar Centro de Medicina Desportiva e os atletas do Vitória são os primeiros pacientes
Quinta-feira, Agosto 17, 2017

Vai ser assinado amanhã, 18, um protocolo de cooperação entre o Vitória e o Hospital Senhora da Oliveira que prevê tratamento de cerca de 60 atletas em várias especialidades médicas do Hospital. É o primeiro passo para criar um Centro de Medicina Desportiva do HSO.

O protocolo tem a duração de pelo menos dois anos e tem como objetivo principal a prestação de serviços de saúde diferenciados, compreendidos na especialidade de Medicina Desportiva, por parte do Hospital aos atletas do Vitória, nomeadamente na realização de exames auxiliares de diagnóstico, atos cirúrgicos e consultas de especialidade, escreve, em comunicado, o HSO. Aquela unidade de saúde designou também uma equipa multidisciplinar de especialistas que irá acompanhar e monitorizar os tratamentos prestados aos atletas, tendo já sido realizados os exames da pré-época.

O Hospital diz congratular-se “por uma instituição com a grandeza do VSC manifestar confiança no Hospital da Senhora da Oliveira e no Serviço Nacional de Saúde para prestar cuidados de saúde aos seus atletas”. O acompanhamento será realizado para os atletas do VSC vinculados por contrato profissional de futebol, um universo estimado de 60 atletas.

A Medicina Desportiva é uma área que o Hospital pretende desenvolver, respondendo às necessidades da população que, cada vez mais, pratica desporto. Sendo a prática moderada de desporto um conselho básico em saúde, ajudando por exemplo na prevenção de várias doenças, o Hospital tem como objetivo criar um Centro de Medicina Desportiva a médio prazo. Um Centro com resposta de tratamento multidisciplinar e também formador, apoiado em várias especialidades médicas, cujo primeiro passo é a assinatura deste protocolo com o VSC.