PUB
Hospital de Guimarães formalizou a contratação de mais 63 profissionais
Hospital de Guimarães formalizou a contratação de mais 63 profissionais
Terça-feira, Julho 17, 2018

Para fazer frente à passagem de 40 para 35 horas de trabalho semanais, o hospital executou o despacho dos Ministérios da Saúde e das Finanças. De acordo com contas feitas pela instituição a medida representa mais 1,2 milhões de euros para pessoal.

Desde o início do mês que se encontra em vigor o novo horário de trabalho para profissionais com contrato individual de trabalho (CIT), representando uma redução na jornada de trabalho semanal de 40 para 35 horas semanais. Esta redução representa uma diminuição no tempo global de trabalho.

Para colmatar e reforçar as horas que deixarão de ser trabalhadas, um despacho conjunto dos Ministérios da Saúde e das Finanças autorizou a contratação de 63  profissionais da saúde para o Hospital Senhora da Oliveira, de Guimarães.

Os contratos de trabalho destes 63 novos profissionais na instituição de saúde foram assinados durante a amanhã de terça-feira, 17 de julho, numa cerimónia onde esteve presente Delfim Rodrigues, presidente da administração do hospital, que deu as boa vindas aos novos quadros desta unidade de saúde.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração do Hospital, o número de contratações é sensivelmente o dobro do número inicialmente contabilizado como necessário. Delfim Rodrigues avançou que, dos 30 inicialmente previstos, o ministério se decidiu por 63, apontando como razões para este aumento os indicadores de avaliação conseguidos pelo hospital de Guimarães.