PUB
Hospital de Guimarães adota o mais recente tratamento para tumor ósseo.
Hospital de Guimarães adota o mais recente tratamento para tumor ósseo.
DR
Sexta-feira, Setembro 11, 2020

O Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães (HSOG), junta-se agora à lista de Hospitais de referência, na aplicação de um procedimento recente contra o tumor Osteoma Osteóide, em Portugal.

Através do seu Serviço de Imagiologia, o HSOG estreou hoje, nas suas instalações, uma intervenção percutânea no tratamento de tumor ósseo sob controlo por TAC. Apenas Hospitais como o IPO, CH Universitário de São João, CH Vila Nova Gaia/Espinho já cumpriam com a nova intervenção.

O tumor Osteoma Osteóide trata-se de um tumor ósseo com maior prevalência em crianças e adolescentes. Apesar de benigno, é altamente doloroso, acabando por causar na pessoa uma morbilidade significativa e limitação da vida diária.

Tradicionalmente este tipo de tumor, era tratado de forma cirúrgica. A recessão tumoral requeria uma abordagem aberta e a recuperação do paciente, após a cirurgia, era lenta. O que condicionava a retoma à vida normal. A adoção da nova técnica – Termoablação Percutânea – além de permitir uma recuperação mais rápida, não necessita de sala de bloco operatório e demora cerca de 45 minutos, sem necessidade de suturas. Nesse sentido, é uma técnica logicamente menos invasiva, que permite a destruição do tumor ósseo através de uma agulha que é colocada no centro do tumor, através de uma incisão na pele guiada por imagens de tomografia computorizada.