PUB
Guimarães tenta a sua sorte na candidatura a Capital Verde Europeia
Guimarães tenta a sua sorte na candidatura a Capital Verde Europeia
Quinta-feira, Setembro 21, 2017

Presidente da Câmara Municipal está confiante na candidatura preparada por Guimarães, que deverá ser apresentada em Bruxelas no dia 25 de setembro, salientando o trabalho desenvolvido ao longo de todo o processo. Documento aborda 12 áreas ambientais.

25 de setembro. É o dia marcado para Guimarães entregar a Bruxelas a candidatura a Capital Verde Europeia. Objetivo é alcançar o estatuto em 2020, sendo que o presidente voltou a frisar “a importância do caminho no processo de candidatura”.

“A nossa expectativa era entregar até ao final do mês de setembro. Estamos na fase final. Se tudo correr bem esperamos entregar a candidatura no dia 25 em Bruxelas”, referiu Amadeu Portilha, que até agora manteve a coordenação da candidatura a Capital Verde Europeia dentro da Câmara Municipal. Abandona agora a estrutura no decorrer da sua não integração nas listas do PS à autarquia.

Já Domingos Bragança não deixou de elogiar o Comité Externo de Aconselhamento, na pessoa de Mohan Munasinghe, e a todos os participantes do processo de candidatura. Por acreditar ser um documento muito bem preparado, o presidente da autarquia já disse que vai disponibilizar publicamente a candidatura na medida em “que todos devem aprender com ele”.

São 12 as áreas ambientais em que se centra o documento: mitigação e adaptação; transporte local; áreas urbanas verdes incorporando uso sustentável do solo; natureza e biodiversidade; qualidade do ar ambiente; qualidade do ambiente acústico; produção e gestão de resíduos sólidos; gestão da água; tratamento de águas residuais; ecoinovação e emprego sustentável; desempenho energético; e gestão ambiental integrada.

Artigos Relacionados