PUB
Guimarães avança com equipa multidisciplinar de saúde nas escolas
Guimarães avança com equipa multidisciplinar de saúde nas escolas
Quarta-feira, Outubro 21, 2020

Domingos Bragança salienta a importância da articulação com o Ministério da Saúde e ARS Norte na criação de uma resposta integrada à situação epidemiológica no concelho, para uma “intervenção direta e mais eficaz”.

Domingos Bragança, anunciou a formação da primeira equipa multidisciplinar de saúde para o concelho, criada formalmente pela Administração Regional de Saúde Norte/ Ministério da Saúde (ARS-Norte). Esta primeira equipa serve para apoiar e intervir nas escolas tendo por base informação pormenorizada sobre a situação epidemiológica, da comunidade escolar.

“Pretendemos ter várias equipas multidisciplinares, mas a primeira equipa multidisciplinar é para dar resposta à comunidade escolar – trabalhando com os agrupamentos escolares e a Delegada de Saúde – seguindo  as redes de contágio e procedendo às comunicações com as famílias no âmbito do apoio administrativo e técnico  para libertarem os médicos da saúde pública de trabalho logístico e administrativo e aumentar-se  a capacidade de resposta aos problemas da comunidade”, referiu o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães.

Domingos Bragança explanou, anteriormente, que a falta de informação disponibilizada pelas autoridades de saúde, que se tem verificado, limita a capacidade de apoio e resposta do Município. Através do diálogo e articulação de ideias com o Ministério da Saúde, foi atendida a proposta para a criação de equipas multidisciplinares em Guimarães, que ajudam no controle e combate ao vírus.

“Com o acesso a estes dados do Ministério da Saúde é permitido uma intervenção direta e mais eficaz, através do conhecimento das pessoas ou famílias afetadas pela pandemia”, explicou o autarca vimaranense.

Além desta contribuição, em Guimarães também já se encontra formada e em funcionamento, a bolsa de profissionais, em contínuo recrutamento, para apoio aos lares e à estrutura municipal de retaguarda, instalada no Seminário do Verbo Divino, num processo desenvolvido em conjunto com a Segurança Social e a Cruz Vermelha.