Governo deverá viabilizar construção de via dedicada ao Avepark
Governo deverá viabilizar construção de via dedicada ao Avepark
Paulo Dumas
Terça-feira, Fevereiro 7, 2017

Foram conhecidos os investimentos que serão efectuados ao abrigo do Programa de Valorização das Áreas Empresariais. Governo destinará 18,4 para construção de acesso ao parque de ciência e tecnologia.

O Ministro Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, anunciou hoje, em declarações à rádio TSF, em que consistirá o Programa de Valorização das Áreas Empresariais, avançado pelo Primeiro-Ministro António Costa, durante o debate quinzenal no Parlamento, no passado dia 27 de Janeiro. Entre o plano de investimentos previsto no programa do Governo, que ascende a um total de 180 milhões de euros, está incluída a melhoria das acessibilidades ao Avepark, estando previstos investimentos de apoio a onze outros parques empresariais em todo o país.

A via de acesso ao Avepark terá uma extensão de 6,6 quilómetros e implicará um investimento na ordem dos 18,4 milhões de euros. No distrito de Braga, além do Avepark, estão previstas intervenções na zona empresarial a sul de Famalicão. Para a região Norte, na rubrica de construção de novas vias, o programa tem previstos 82 milhões de euros.

A Câmara Municipal tem defendido, desde o início de 2015 a construção de uma via dedicada de acesso ao Avepark – Parque de Ciência e Tecnologia, uma solução que divide opiniões e que gerou uma acesa discussão, envolvendo várias alternativas à proposta avançada pela Câmara Municipal. A própria autarquia considerou rever a solução inicialmente apresentada. Independentemente da solução, a construção desta via, tida como fundamental para a viabilidade do parque de ciência e tecnologia, estava pendente de uma solução de financiamento.

O Programa de Valorização das Áreas Empresariais é apresentado hoje à tarde, no Entroncamento, distrito de Santarém, numa cerimónia que conta com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, e do ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques. Os 180 milhões de euros anunciados pelo Governo estão divididos em dois pacotes, que contemplam o alargamento de parques empresariais (78ME vindos da União Europeia) e para a melhoria das acessibilidades a alguns polos já existentes (102ME provenientes directamente do Orçamento de Estado).