Fundo Ambiental apoiará projeto de valorização das lagoas e charcas do Rio Ave
Fundo Ambiental apoiará projeto de valorização das lagoas e charcas do Rio Ave
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Julho 22, 2019

Resultado de uma candidatura apresentada no mês passado a um concurso aberto no âmbito do Fundo Ambiental, foi aprovado o projeto de valorização das lagoas e charcas do Ave, em Arosa e Castelões.

O projeto foi desenvolvido pelo Laboratório da Paisagem e apresentado como candidatura ao Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Transição Energética, que o deverá financiar. A implementação do projeto será feita na área geográfica das freguesias de Arosa e Castelões.

Entre as propostas do projeto estão ações que visam a preservação e defesa do património natural autóctone. A proteção da vida terrestre integra o elenco dos objetivos da Agenda 2030 – a estratégia de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas.

Além de um plano de plano de sustentabilidade, o projeto inclui ações que deverão consistir na produção de suportes didáticos e guias práticos, além da promoção da informação sobre o local através da colocação de painéis informativos.

Os contornos deste projeto serão apresentados publicamente na sexta-feira, 26 de julho, na sede da junta de freguesia de Castelões, pelas 21 horas.

A candidatura foi apresentada no domínio do concurso Educarte: Educar para o Território aberto em março de 2019, com uma dotação máxima de 500 mil euros. O financiamento dos projetos poderá ir até aos 95%.

O Fundo Ambiental foi um instrumento constituído em 2016, que está sob a tutela do Ministério do Ambiente e que tem o objetivo de apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável.