PUB
Foco de poluição na ribeira da Canhota desencadeia denuncia ao SEPNA
Foco de poluição na ribeira da Canhota desencadeia denuncia ao SEPNA
DR
Quarta-feira, Agosto 19, 2020

Na sua página oficial do Facebook, a Junta de Freguesia das Taipas, dá nota de uma queixa que apresentou ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) motivada por um foco de poluição na ribeira da Canhota.

Pelas diligências entretanto realizadas, tudo indica que a origem do foco poluidor possa estar localizado na conduta subterrânea da Ribeira da Canhota sita na Rua Dr. Alfredo Fernandes. Local inacessível e ao qual a Junta de Freguesia contará com a colaboração da Vimágua, a quem também foi dado conta da ocorrência, para a sua verificação.

A ribeira da Canhota é um pequeno curso de água que corre numa vasta área coberta na zona das termas das taipas e que atravessa todo o parque de campismo e parque de lazer das Taipas para desaguar no rio Ave. A situação ocorrida no dia de ontem não é nova, sendo recorrentes as vezes em que aquele pequeno ribeiro faz transbordar um cheiro nauseabundo, facilmente detetável por quem frequenta aqueles dois espaços de lazer.

Luís Soares, presidente da Junta das Caldas das Taipas, acompanhou os trabalhos desenvolvidos para identificação do foco poluidor tendo reiterado que “o objetivo definido pela Junta de Freguesia de despoluição do Rio Ave não pode ser comprometido com estas situações e que não se cansará de denunciar os problemas e exigir respostas para a sua resolução”.