Flávia Ribeiro e equipas da AJKP em destaque no nacional de karaté
Flávia Ribeiro e equipas da AJKP em destaque no nacional de karaté
© Direitos Reservados
Domingo, Março 18, 2018

A atleta vimaranense a representar a Associação Juvenil de Karaté Portugal (AJKP) alcançou a medalha de bronze no nacional, só perdendo por 0-1 para a atleta que viria a sagrar-se campeã nacional, no campeonato nacional realizado em Ponte de Sor.
Esta prova, realizada a 10 de março, contou com 193 atletas de 66 clubes, desenrolando-se nas vertentes de kata, masculino e feminino, e na vertente de kumite, com outras dez categorias de peso.

No dia seguinte, a competição envolveu mais 500 karatecas, distribuídos por 70 clubes, discutindo os títulos coletivos.
No kumite, o número de elementos de cada equipa variou entre três a cinco elementos (mais um suplente), consoante o escalão. A competição foi feita de forma individual, mas o somatório de vitórias e pontos (marcados e sofridos) ditou a equipa vencedora em cada encontro.

Destaque para a equipa Cadete e Júnior do AJKP, constituída pelos atletas Leandro Cunha, Gonçalo Freitas, Diogo Rua e Francisco Ribeiro, que se sagraram Campeões Nacionais, eliminando as equipas do CKCaniço, AKWado, CRP Campolide, CKMaia e, na final, NKSLisboa, trazendo para o clube AJKP mais um título nacional de Karaté.

Também a equipa de Juvenis masculinos da AJKP constituída pelos atletas Francisco Silva, Ricardo Gonçalves, Ivo Marques e Pedro Afonso conquistaram a medalha de bronze no campeonato nacional de clubes. Estes jovens da formação da AJKP conseguiram ganhar às equipas CKSO, Aguçadourense A, CKC-Conimbrense, perdendo na final de pool (1-2) contra Aguçadourense B. Na repescagem conseguiram vencer, classificando-se em 3º lugar da geral.

Uma menção de honra para as equipas Juvenis Femininos constituída por Cláudia Vilaça, Francisca Machado, Beatriz Salgado e Mariana Afonso que se classificaram em 5º lugar da geral, e para a equipa do Centro Social de Brito, constituída por Gabriel Moreira, Ricardo Teixeira e Paulo Fernandes, que se classificou em 7º lugar geral.