PUB
Fazer dos taipenses parvos
Quarta-feira, Setembro 25, 2019

É dado adquirido que o PS é uma máquina de propaganda política que só os governos totalitários podem igualar; a nível nacional e local

Máquina de propaganda que se manifesta na gestão das expectativas de anúncios de obras como se a mesmas já fossem um dado adquirido quando ainda se afiguram como hipótese; das promessas sistemáticas das obras que levam 20 anos a fazer; das obras que são anunciadas e inauguradas mais do que uma vez; das ideias e projetos dos outros desdenhados e depois recuperados; e da imputação aos outros de factos não reais, tentando reescrevê-los.

Essa máquina, além de afinada, é oportunista. É uma máquina feita para enganar e iludir.

A seis meses das eleições legislativas, no tempo exato para tal, o governo anunciou, para Lisboa e Porto, transportes públicos integrados e acessíveis aos cidadãos com passes únicos e a preço apoiado.

Essa política de transportes foi prometida a todo o território nacional, por isso mereceu a concordância de todos os partidos.

Em Lisboa e parte da área metropolitana do Porto já se encontra em execução. Os lisboetas e os portuenses já têm transportes públicos mais baratos e que chegam a todo o lado.

Em Guimarães concelho, é a apatia. Também nos transportes públicos o concelho não se desenvolve – definha. Há trinta anos estávamos melhor. É inadmissível.

De Taipas a Guimarães, é a empresa Arriva que fornece o serviço, com preços exorbitantes e com passes caros: meia em meia hora senão de hora a hora.

Afinal, o incentivo prometido não chegou a Guimarães.

É o concelho de gestão autárquica apático a tentar fazer de parvos os taipenses.

Falar em coesão concelhia; falar em ligação rápida à sede do concelho; falar em concelho sustentável é a máquina de propaganda do PS que fala, que mente com todos os dentes que a ambição infinita de se manter no poder alcança.

Deixem de fazer de parvos os vimaranenses, os taipenses e todos quantos acreditam na Vossa propaganda.