PUB
Requalificação do antigo mercado será feita pela Junta de Freguesia de Caldelas
Requalificação do antigo mercado será feita pela Junta de Freguesia de Caldelas
Quarta-feira, Junho 27, 2018

A Assembleia de Freguesia de Caldelas aprovou por unanimidade, em sessão extraordinária, a delegação de competências do município na freguesia, para a execução da obra de reabilitação do antigo mercado. Segunda revisão ao orçamento passou também mas por maioria.

A Assembleia de Freguesia de Caldelas reuniu extraordinariamente a 21 de junho para aprovar a segunda revisão orçamental no exercício corrente. Esta revisão foi justificada pelo executivo como solução a dar à conclusão da intervenção na Rua do Tojal e ainda incluir os investimentos nas ruas da Charneca e Bento Ribeiro Salgado Barreto.

A reunião serviu igualmente para deliberar sobre a proposta de celebração do contrato interadministrativo, para delegação de competências da Câmara Municipal de Guimarães na Junta. Este contrato prevê a reabilitação do antigo mercado da freguesia.

A assembleia aceitou inverter a ordem dos pontos e aprovou por unanimidade a celebração de um contrato interadministrativo entre Câmara e a Junta de Freguesia. Este contrato interadministrativo prevê uma transferência de 33.310,12 euros, verba que se destina à execução das obras de reabilitação do antigo mercado de Caldas das Taipas.

A segunda revisão orçamental às contas da freguesia, por sua vez, foi aprovada apenas com os votos da maioria socialista. Os membros da coligação JpG votaram contra, à exceção do membro eleito José Maria Gomes, que se absteve. A revisão orçamental determina um reforço de 112.001,95 euros, para a realização ou conclusão de obras em arruamentos da freguesia.

Em nota de imprensa enviada às redações, o PS Taipas critica o sentido de voto dos membros da coligação JpG, tanto na Câmara Municipal como na Assembleia de Freguesia. Os socialistas entendem que os representantes da coligação PSD-CDS “barraram o investimento”, apontando que há partidos que “são sempre contra o investimento nas Taipas”.

O PS Taipas acusa ainda a coligação de “usar as Taipas como arma de arremesso” e os seus membros de estar ao serviço dos interesses partidários em vez de defender os interesses das Taipas. Por outro lado, os representantes do Partido Socialista em Caldelas dizem-se satisfeitos com o investimento que a Câmara Municipal de Guimarães está a fazer na freguesia.