PUB
Efemérides taipenses
Terça-feira, Julho 5, 2005

01/07/1914: É requerido ao Ministro da Justiça o preenchimento do Lugar de Notário Público do Julgado de Caldelas que se achara vago.

02/07/1922: O Jornal das Taipas publica a notícia de que os pobres não pagam os tratamentos termais.

03/07/1848: Sai pela primeira vez omnibus, que era do alquilador Gaita, de Guimarães para as Caldas de Santo António das Taypas. E, daí por diante passou a saír todos os domingos, terças e quintas-feiras. O omnibus era um carroção que levava dez pessoas, e cada uma pagava 160 réis para ida e 160 réis para a vinda.

04/07/1846: É nomeado banheiro das Caldas das Taipas, João António da Silva Braga

05/07/1934: O município paga as viagens dos pobres para os banhos das Taipas.

06/07/1948: Exonerado o Dr. Fernando Pereira Carvalho Ribeiro e nomeado o Dr. Miguel Augusto Mendes Alves, no Partido Médico das Taipas.

07/07/1942: Deliberada a área de jurisdição dos Bombeiros das Taipas, como sendo todas as freguesias situadas na margem direita do rio Ave, e as da margem esquerda até à de S. João de Ponte inclusivé. E que, José Luís de Pina seria o Comandante das três corporações, Guimarães, Vizela e Taipas.

08/07/1938: A Conferência de S. Vicente de Paulo das Taipas recebe 100 de subsídio para organização dum Torneio de Tiro aos Pombos a realizar nas Taipas.

09/07/1940: O deputado da nação, o taipense João Antunes Guimarães agradece o voto de louvor que recebera do município, sob proposta do vereador das Taipas Joaquim Ferreira Monteiro, pelo empenho que teve na promoção a vila desta povoação…

10/07/1889: Resolve-se criar no último domingo de Junho coincidente com o S. Pedro, uma feira franca e um concurso de bois gordos e de cavalos nacionais. Com 2 prémios de 500 réis e 2 de 250 réis.

11/07/1785: Inaugurado o segundo edifício dos banhos thermais das Taipas.

12/07/1938: José Braga é nomeado pelo Clube Caçadores das Taipas delegado à Comissão Venatória Regional do Norte.

13/07/1904: Apresentado o projecto do novo Edifício Thermal, para aproveitamento de todas as nascentes de água sulfurosa. No âmbito dum plano de melhoramentos que precisava a Estância Thermal das Taipas, proveniente na Comissão composta por Carvalho Salgado, João Cândido da Silva, Luís de Barros de Faria e Castro, José Joaquim Ferreira Monteiro e Manuel José da Costa e Silva.

14/07/1944: Adjudicada a obra de pavimentação da Avenida das Termas pelo valor de 30.384 ao empreiteiro bracarense Domingos da Silva Quintas.

15/07/1847: Encontrando-se a banhos em Caldas das Taipas, o Barão de Villa Pouca e mais sua baronesa, dão um banquete nesta povoação ao marechal do exército, Nicolau d’’Arrochella, a todo o seu numerosíssimo estado maior, e demais comitiva.

16/07/1912: Alteração toponímica, a Rua de Santo António passa a designar-se de Rua 31 de Janeiro.

17/07/1929: Depois de Vizela obter o título de vila, a Câmara de Guimarães reconhece que as Taipas bem o podia ser também.

18/07/1839: Nesta noite é morto nas Taipas por um taipense, o façanhudo de Guimarães, a quem todos lá tinham medo, o ex-frei Domingos Pedreira.

19/07/1875: Grande tumulto no mercado das Taipas, pela elevação do preço do milho.

20/07/1887: O Ministro das Obras Públicas prometeu a criação das Escolas Práticas de cutelaria, serralharia e tecelagem de linho e algodão.

21/07/1839: Encontra-se a banhos em Santo António das Taipas, o Conde das Antas, que era governador das Armas do Porto. Veio cumprimentá-lo à estância o Coronel do Regimento n.º 18, com uma banda de música.

22/07/1895: Os mestres e officiais cutelleiros acossados pela concorrência estrangeira, que tanto prejudicam a sua indústria, apresentaram ao governo, pedindo a protecção pautal. A Câmara reconhecendo a gravíssima crise que esta importante indústria estava atravessando, patrocinou a petição, representando ao governo sobre o mesmo fim.

23/07/1938: Alfredo Fernandes presidente da direcção do Clube Caçadores das Taipas é renomeado Presidente da Mesa da Associação de Futebol de Braga.

24/07/1927: A Comissão Administrativa da Junta de Freguesia, nomeia delegado à Comissão de Iniciativa da Estância Termal das Taipas, o seu vogal João da Purificação Castro.

25/07/2000: Despacho do Secretário de Estado do Ordenamento do Território, Pedro Silva Pereira, seleccionando a candidatura para a Construção do Pavilhão Gimno-desportivo do CAR Taipense, com nave para hóquei e nave para voleibol com espaço cénico de cultura, com a comparticipação financeira de 100.000 contos. Que mais tarde deu lugar a protocolo, e, que as direcções seguintes do clube não souberam e não quiseram aproveitar

26/07/1930: Nas Taipas, o médico militar miliciano José Joaquim Machado Guimarães assassina Sabino Crespo.

27/07/1910: Cedidos 210 m2 de terreno municipal para alinhamento na construção da Igreja Matriz.

28/07/1926: Nomeado representante da Câmara na Comissão de Turismo da Estância das Caldas das Taipas, o vereador das Taipas, Domingos Ribeiro Dias da Silva

29/07/1844: Vem às Taipas, o Administrador Geral de Braga , João Elias, examinar as obras das termas, tendo-se descoberto uns banhos do tempo dos Romanos.

30/07/1932: A Junta de Freguesia por unanimidade decide fundar uma Cantina Escolar, com a finalidade de fornecer uma refeição diária aos alunos pobres.

31/07/1932: Em assembleia geral realizada no Cine-Salão das Taipas, é aprovada pelos sócios a 1ª revisão e modificação dos estatutos do Clube Caçadores das Taipas.