PUB
Desenvolvimento sustentável debatido pelos estudantes de ensino básico
Desenvolvimento sustentável debatido pelos estudantes de ensino básico
DR
Quarta-feira, Fevereiro 19, 2020

Arrancou esta terça-feira a quinta edição do Eco Parlamento, uma iniciativa do programa de educação da Câmara Municipal de Guimarães desenvolvida pelo Laboratório da Paisagem de Guimarães.

Estudantes do ensino básico de oito agrupamentos de escolas participantes apresentaram desafios e soluções ambientais, discutindo-se dessa forma o desenvolvimento sustentável.

Adelina Pinto, vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães e vereadora com o pelouro da educação, esteve presente na primeira de três sessões do Eco Parlamento e destacou a importância da realização de iniciativas como esta.

“Nunca ninguém me perguntou opinião ou pôs a pensar sobre o que podia fazer para mudar o mundo, com a vossa idade. Felizmente, hoje há projetos como este, que vos dá a oportunidade para fazer a diferença. Hoje têm esta sorte de ter uma escola que vos dá a formação fundamental para o vosso futuro, mas têm também imensas atividades numa escola focada na educação ambiental, que faz com que tenham outro olhar sobre o mundo”, disse.

Já a vereadora do ambiente, Sofia Ferreira, que é também presidente do Laboratório da Paisagem, referiu que conta com os mais novos para auxiliar nesta tarefa ambiental. “Temos todos um desafio muito grande e também uma responsabilidade, que é cuidarmos do nosso planeta. Nesta matéria, o Eco Parlamento tem sido um dos projetos fundamentais. Tenho a convicção de que esta vontade, evidenciada por todos vós, nos vai ajudar neste caminho”, frisou.

A Universidade do Minho é o palco da próxima sessão do Eco Parlamento, que está agendada para o dia 26 de março.